terça-feira, janeiro 08, 2019

LIVRO | CONTOS COMPLETOS - CAIO FERNANDO ABREU

Sinopse: Pela primeira vez, a reunião de todos os contos de um dos autores mais viscerais da contracultura brasileira. Publicados entre as décadas de 1970 e 1990, os contos de Caio Fernando Abreu são o retrato de uma geração. Os tempos autoritários e sombrios dos anos de chumbo aparecem nesta reunião não apenas como pano de fundo, mas como parte constituinte de uma prosa que se consagrou pelo estilo combativo e radical. Vida e obra, aqui, se misturam a ponto de biografia se transformar em literatura e vice-versa.Em Contos completos, o leitor tem a chance de percorrer toda a produção do autor no gênero da prosa breve. O volume abarca seis títulos ― Inventário do irremediável (1970), O ovo apunhalado (1975), Pedras de Calcutá (1977), Morangos mofados (1982), Os dragões não conhecem o paraíso (1988) e Ovelhas negras (1995) ―, além de dez contos avulsos, sendo três deles inéditos em livro. O livro inclui, por fim, textos de Italo Moriconi, Alexandre Vidal Porto e Heloisa Buarque de Hollanda, que jogam luz sobre a atualidade de Caio Fernando Abreu.Ao escrever sobre amor, morte, medo, sexualidade, solidão e alegria, o autor de Onde andará Dulce Veiga? constrói personagens complexos e absolutamente profundos em cada detalhe. Com verve e sensibilidade, o “escritor da paixão”, na alcunha de Lygia Fagundes Telles, soube como ninguém combinar delírio e lucidez, euforia e angústia, luz e sombra.
É impressionante como alguns escritores brasileiros são, até hoje, praticamente desconhecidos por muita gente. Digo isso porque eu conhecia o Caio Fernando Abreu apenas de ouvir falar. Nunca havia lido nada dele, a não ser aquelas frases de Facebook que muitos compartilham.

Durante o ensino médio e na faculdade, não me lembro de ter ouvido falar do nome dele. Só soube de sua existência já depois de muitos anos e isso é bem triste sabe? Assim como Fahrenheit 451. São autores, leituras importantíssimas e que a meu ver não são muito valorizadas nesses ambientes.

Caio Fernando me tocou imensamente com sua escrita envolvente. Agradecerei eternamente à Companhia das Letras por reunir em um único volume todos os contos dele e também por me dar a oportunidade de ler algo tão precioso de um ícone.

Não sou pra todos. Gosto muito do meu mundinho. Ele é cheio de surpresas, palavras soltas e cores misturadas. Às vezes tem um céu azul, outras tempestade. Lá dentro cabem sonhos de todos os tamanhos. Mas não cabe muita gente. Todas as pessoas que estão dentro dele não estão por acaso. São necessárias.”É um livro bastante longo, afinal são todos os contos reunidos e mais três inéditos. Eu particularmente adoro contos, logo foi muito fácil me apaixonar pelos textos dele. Além disso, eu também adoro saber como era o comportamento das pessoas em determinado ano.

A época da escrita, de 1970 para frente, sem dúvida é o período da história que eu mais gosto de saber dos detalhes. Através do Caio fui transportada para aqueles anos e senti as emoções de uma época tão difícil.

Sabe aquilo que eu disse sobre não ter lido ele antes? Então, quando você lê a biografia do cara, você fica sabendo que durante um tempo ele se hospedou na casa de Hilda Hilst, fugido do DOPS (Departamento de Ordem Política e Social). Mais uma escritora que eu NUNCA li, porém segue sendo um grande nome da nossa literatura.


A forma como Caio F. Abreu aborda assuntos como homossexualidade e o HIV é bem natural, já que é algo que ele vivenciou. Assuntos importantíssimos e polêmicos da época e até hoje. Raramente alguém escreveria sobre esses assuntos da mesma forma.

Finalizo a minha indicação por aqui e espero que mais pessoas possam conhecer essa obra fantástica.
Caio F. Abreu nasceu em Santiago do Boqueirão, no Rio Grande do Sul, em 1948. Sua obra ganhou forma em contos, novelas, peças, poemas, romances e em uma vasta produção epistolar. Morreu em Porto Alegre, em 1996.

Olha, eu sei que o barco tá furado e sei que você também sabe, mas queria te dizer pra não parar de remar, porque te ver remando me dá vontade de não querer parar também. Tá me entendendo? Eu sei que sim.

Título original: CONTOS COMPLETOS
Páginas: 768
Lançamento: 25/07/2018
ISBN: 9788535931280
Selo: Companhia das Letras

Compre na Amazon.

segunda-feira, janeiro 07, 2019

LIVRO | LINCOLN NO LIMBO - GEORGE SAUNDERS

Sinopse: Ganhador do prestigioso Man Booker Prize 2017, Lincoln no limbo é uma narrativa original e emocionante. Em 1862, em meio à Guerra Civil Americana, morre, aos onze anos de idade, Willie Lincoln, filho do lendário presidente Abraham Lincoln. A tragédia leva a um luto desesperado o homem que daria fim à escravidão nos Estados Unidos. Com a morte do filho ainda na infância, Abraham Lincoln, o presidente mais importante da história da democracia, vê seu mundo desmoronar. Em plena Guerra Civil, Lincoln esquece o país em conflito para lamentar, no limite da loucura, a morte do filho. Noite após noite, dirige-se à capela do cemitério para abraçar o cadáver do jovem Willie. A partir desse acontecimento histórico, o escritor George Saunders rejeita as convenções literárias realistas e compõe uma narrativa passada no além — no limbo do título, ou melhor, no “bardo” do budismo tibetano, o estágio intermediário entre a morte e o renascimento. Lá, acompanhamos a jornada do jovem Willie, incapaz de aceitar que está morto. Um romance surpreendente, que reinventa o gênero de forma radical. Alternando registro metafísico e documentos históricos e sem medo de abraçar o experimentalismo, Saunders coloca em movimento questões existenciais, históricas e políticas e cria uma obra absolutamente única no cenário contemporâneo.
Já faz um tempo que terminei de ler esse livro, mas acabei me enrolando por aqui na organização. Já aviso que nos próximos dias teremos muitos livros por aqui, porque estou com vários posts pendentes e as resenhas/indicações de livros são a maioria.

Quando a Companhia das Letras sugeriu os livros alguns meses atrás, eu achei a sinopse de Lincoln no Limbo muito interessante. Na verdade tudo que envolve o senhor Abraham Lincoln é interessante e me chama muito a atenção. Então imaginem quando um livro com ele e seu filho morto são os principais personagens e o livro ainda foi premiado? Sim, eu quis ler na mesma hora.

Demorei um pouco para pegar o ritmo, porque eu não estava entendendo nada. A sinopse não me antecipou que seriam 166 narradores. Então você precisa pegar o ritmo e entender que em alguns momentos eles poderão estar falando tudo ao mesmo tempo. É complicado nas duas primeiras páginas.

Você é uma onda que quebrou na praia.

Trata-se de um romance extremamente tocante. É ficção, mas te arrebata de um jeito que você sente a dor do Lincoln pai e Lincoln filho. Ao mesmo tempo você morre de rir de alguns personagens, como por exemplo um certo personagem que morreu durante o ato sexual e vai passar o resto do limbo tendo uma ereção.


É importante frisar que o limbo ou "“bardo” do budismo tibetano, o estágio intermediário entre a morte e o renascimento" é onde a história se passa. O autor George Saunders faz uma mescla entre o budismo e o catolicismo fazendo com que a história não fique maçante.


A história foi criada a partir de vários documentos, cartas e jornais da época, onde os passos do então presidente Abraham Lincoln eram registrados.

Tive a ideia de escrever sobre Lincoln há 20 anos. Mas achava que era como escrever sobre Jesus Cristo, sobre quem todo mundo já escreveu, e ia adiando. Uma hora, vi que a ideia de Lincoln visitando o túmulo do filho era tão comovente que resolvi escrever.

Agora, piada interna nossa: Saunders copiou Machado de Assis ao colocar um narrador defunto nesse livro (risos). Não sei vocês, mas eu acho essa narrativa bem interessante, já que você consegue obter várias perspectivas da história.

Como eu disse ali em cima, é um pouco difícil até pegar o ritmo da leitura, porém, quando você pega fica bem tranquilo e rápido. Perceba que o texto é bem espaçado, isso faz com que aparente um livro grande. Mas já adianto que não é, já que os textos por página são curtos.


George Saunders nasceu no Texas, em 1958. É autor de contos, romances, ensaios e livros infantis. Estudou escrita criativa na Universidade de Syracuse, trabalhou como redator técnico de uma empresa de engenharia ambiental e, em 2006, recebeu a prestigiosa bolsa da MacArthur Fellowship.

Título original: LINCOLN IN THE BARDO
Tradução: Jorio Dauster
Páginas: 408
Lançamento: 26/03/2018
ISBN: 9788535930764
Selo: Companhia das Letras

Compre na Amazon.

sexta-feira, janeiro 04, 2019

COMO FOTOGRAFAR OS MELHORES MOMENTOS DA SUA VIAGEM

Depois da cansativa tarefa de planejar e organizar uma viagem, é hora de colher os frutos da melhor maneira possível - aproveitando cada milímetro das paisagens exuberantes do seu novo destino. E para levar essas memórias para o resto da vida é que usamos a fotografia: para registrar os melhores momentos da sua jornada.

O único problema é que, muitas vezes, acabamos por não saber manusear câmeras e acabamos deixando de lado as fotos que fazem jus à beleza do local visitado. Bom mesmo é tirar fotos inesquecíveis durante as visitas aos cenaŕios dignos de filmes de Hollywood. Para isso, é preciso saber como aproveitar ao máximo sua câmera, mesmo que seja a do celular.

Confira abaixo, dicas para tirar fotos perfeitas durante a sua viagem. Indicamos truques básicos e simples, que vão trazer um toque profissional às suas fotos - além de eternizar, de forma incrível, os lugares por onde você passar.

1. Câmera

Câmera profissional ou câmera de celular: seja qual for a sua escolha, é imprescindível saber quais são as limitações do aparelho. Câmeras profissionais geralmente vêm acompanhadas de manuais que demonstram e explicam todas as funções disponíveis para uso. Observe o que pode ser ajustado de forma manual, como ISO, balanço de brancos, exposição etc. Você também pode aproveitar para configurar a resolução das fotos.

As dicas acima também valem para quem fotografa com o celular. Os aparelhos mais recentes possuem configurações avançadas que permitem os ajustes nos itens citados. Mas com os celulares é preciso ficar atento com a escolha da resolução das fotos e vídeos; geralmente, uma alta resolução ocupa grande espaço de memória. Certifique-se de que o seu aparelho suporta o armazenamento de fotos de qualidade durante o período de viagem.

Se a câmera profissional é o seu aparelho e você quer aprender a usá-la justamente para fotografar a sua viagem, recomendamos que pegue essas dicas bacanas de Fotografia com Yre Sales. Com ele, você aprende os fundamentos básicos e essenciais para o início da sua caminhada como fotógrafo. É um curso que ensina tudo o que você precisa saber para tirar a foto perfeita: fotografia no modo manual, tipos de fotografia, conceitos de iluminação e mais!

2. Luz

A maioria das viagens oferece lindas paisagens ao ar livre, certo? Portanto, observe o tipo de luz disponível no ambiente que você pretende fotografar e analise se é possível usar a luz natural. Caso não seja, ative o flash da sua câmera.

A dica para fotografar usando a luz ao seu favor é a seguinte: um objeto nunca deve ser fotografado de costas para uma fonte de luz, pois isso fará com que ele não seja capturado com nitidez. Se o cenário não for o ideal para seguir essa regra, ative o flash para balancear a exposição. Mas sempre tenha em mente que o ideal é que objeto fotografado esteja sempre de frente para a luz. E que a fotografia seja tirada de frente para o objeto.

3. Foco

Uma das coisas que define uma foto de qualidade é o foco. É ele que dá nitidez ao objeto principal da imagem a ser fotografada. Tanto as câmeras profissionais quanto os celulares possuem ajustes de focos manuais e automáticos. Assim, a vida do fotógrafo é facilitada, já que ele tem a opção de escolher o que é melhor de acordo com o ambiente onde se encontra.

O uso do foco automático é indicado para fotos tiradas em movimento, em ambientes com boa iluminação e para vídeos. O foco manual é mais indicado para as fotos de paisagem, para uso em ambientes com pouca luz e para realçar detalhes. Essas funções e adaptações podem ser feitas com maior êxito com uma câmera profissional.

Mas caso você só disponha de um celular para registrar a sua viagem, não tem problema. Os aparelhos atuais são bem equipados, com câmeras poderosas, que substituem as profissionais sem perda de qualidade.

Se você quer aproveitar ao máximo a câmera do seu celular, entenda tudo de Fotografia Mobile. O curso é online e ensina todos os conceitos básicos da fotografia, como retratar paisagens de forma inusitada, as vantagens da fotografia mobile os aplicativos e ferramentas que vão potencializar ainda mais a câmera do seu celular. Acesse já!

4. Regra do terço

Para aproveitar uma viagem ao máximo, você precisa conhecer todos os cenários possíveis. Para tirar fotografias de qualidade, então, nem se fala! Escolha paisagens originais e pouco poluídas, que contenham apenas o necessário para uma foto impactante e limpa. Aproveite também para posicionar o objeto a ser fotografado de forma inusitada, para tirar fotos originais.

Com a escolha do cenário ideal, é hora de enquadrar a foto, usando o que chamamos regra do terço. A regra divide o quadro a ser fotografado, utilizando duas linhas horizontais e duas linhas verticais, formando uma “grade” na tela da sua câmera ou celular. Os pontos onde

elas linhas se encontram são conhecidos como “pontos de ouro”. São eles que definem os locais para os quais nossos olhos são atraídos naturalmente ao olharmos uma imagem.

Desse modo, uma foto bem centralizada não é aquela em que o objeto está posicionado no meio do quadro. Para ficar corretamente centralizado, ele deve ocupar um desses quatro pontos. A maioria das câmeras e celulares possuem o recurso da “grade”, basta ativá-lo!

5. Edição

Pronto, agora você tem todos os insumos para tirar uma foto iluminada, com foco e bem enquadrada, no melhor cenário possível! O toque final para deixar as fotos da sua viagem ainda mais incríveis é a edição.

De forma simplificada, você pode usar recursos de edição do Instagram, mas também pode baixar inúmeros aplicativos e programas com essa função. A edição de fotos é feita principalmente para alterar contraste, brilho e saturação, entre outros aspectos da sua foto. E você pode deixá-las do jeito que achar melhor, corrigindo algumas imperfeições.

Para quem leva a sério esse negócio de edição, indicamos que você aprenda photoshop - Do Básico ao Avançado. O curso ensina edição profissional, domínio no Photoshop e, claro, tudo o que é necessário para deixar as suas fotos perfeitas, para além daquelas funções básicas e intuitivas que todo mundo sabe fazer. Imperdível!

quarta-feira, janeiro 02, 2019

10 CALENDÁRIOS 2019 PARA IMPRIMIR


Todo ano eu falo que vou baixar um calendário bem fofo para o ano que está começando, mas no final acabo nem lembrando. Porém seguimos na tentativa de manter as coisas em ordem e as ideias no lugar. Separei alguns calendários bem lindos que encontrei na internet e resolvi compartilhar com vocês.



Vários modelos diferentes, é só escolher o que você mais gostou, baixar, imprimir e ser feliz.

Janeiro será o mês da organização por aqui, quem topa?

Até a próxima!

Milca Abreu - Blog Sabe o inverno. Design by Berenica Designs.