quarta-feira, novembro 21, 2018

MUSEU DE CERA DREAMLAND

Do passaporte Dreams, o lugar que eu mais queria conhecer era o Museu de Cera. Como dificilmente eu poderei conhecer o Madame Tussauds em Orlando, me contentei em conhecer o nosso museu brasileiro.

Dessa vez selecionei menos fotos, porque vou te falar, eita viagem que rendeu fotos. Já me perguntaram se eu não preferi aproveitar os passeios, mas gente, dá para fazer os dois. O que não vale é você não prestar atenção em nada para depois ficar vendo em fotos.

Mas vamos ao que interessa.
Sem dúvida o museu de cera é o mais legal do pacote. Você se sente no meio das celebridades, e, mesmo que algumas esculturas sejam um tanto estranhas, ainda assim, vale super a pena.

O museu conta com várias outras esculturas que acabei não colocando aqui, senão seriam muito mais fotos. Além disso, em alguns espaços não é permitido fotografar já que eles fotografam com o próprio equipamento e você pode comprar as fotos.

Um exemplo é o espaço da Casa Branca. É incrível e tem esculturas de todos os presidentes dos E.U.A. e é bem parecido pelo que vejo nos filmes. Não comprei nenhuma foto, mas bem que eu deveria.

MUSEU DE CERA DREAMLAND
O primeiro museu de cera da América Latina e o único no Brasil. Você vai se divertir, tirar fotos com seus ídolos ou até mesmo filmar no Dreamland Museu de Cera em Gramado. São mais de 90 personalidades famosas com cenários temáticos, características e detalhes das estatuas que impressionam os visitantes!

Endereço: Av. das Hortênsias, 5507 – Gramado/RS.
Fone: (54) 3286 5100.
Diariamente das 08h às 18h.
Tempo médio de permanência: 1 hora.
Site: http://www.dreamland.com.br/c/gramado/

terça-feira, novembro 20, 2018

MUSEU DO AUTOMÓVEL - HOLLYWOOD DREAM CARS

Antes de ir para Gramado, eu praticamente já conhecia tudo por causa do Google Maps e nós já tínhamos decidido nosso roteiro. No meio dele, compramos o Passaporte Dreams para visitar 5 parques, são eles: 

  • Museu do Automóvel - Hollywood Dream Cars
  • Museu de Cera Dreamland
  • Harley Motor Show
  • Salão Super Carros
  • Parque Vale dos Dinossauros
Eu fiquei bastante empolgada para conhecer o famoso Museu de Cera e um pouco animada para ver os carros antigos. Os demais não me chamaram muita a atenção, mas como foi nossa primeira visita, decidimos conhecer todos. Pagamos uns R$150 em todos, não lembro bem, mas sei que não passa disso.









Aqui vão algumas considerações: eu adorei conhecer o espaço, já que amo carros antigos e os modelos expostos são incríveis. No entanto eu não voltaria, porque apesar de ser bem grande e ter muitos carros, uma visita só já dá para conhecer tudo e ficar satisfeito. O ingresso individual é R$60 e eu acho que não vale a pena o gasto. 

Eu gostei sim, não posso negar, mas não voltaria e não indico. Acho que vale a pena pegar o valor dos ingressos e sair para comer.

Hollywood Dream Cars
Endereço: Av. das Hortênsias, 4151 – Gramado/RS.
Fone: (54) 3286 4515.
Diariamente das 08h às 18h.
Tempo médio de permanência: 1 hora.

segunda-feira, novembro 19, 2018

CAMISETAS DIVERTIDAS DA BOUTIQUE JUDITH

Comprar roupas pela internet tem sido uma experiência muito boa para mim. Eu sempre tive muito medo de fazer esse tipo de compra, porque sempre imaginei que teria problemas e nunca quis arriscar. 

Agora estou tentando abrir minha mente para certas coisas e, pode parecer bobagem, mas é um grande desafio para mim. Minha última experiência foi com a loja Boutique Judith, uma loja online que tem várias opções de ~brusinhas para nós que amamos roupas com frases divertidas.

Dentre as várias opções da loja, eu escolhi a da foto. É um pensamento que eu tenho, mas que normalmente eu não falo, porque as pessoas que me cercam, a maioria, acham que feminista é só aquela mulher cabeluda, mostrando as tetas e fazendo protestos em frente às igrejas.

Além disso, eu acredito que ser feminista vai além de ficar se intitulando nas redes sociais. Eu acredito que as atitudes do nosso dia-a-dia valem muito mais do que um tweet. Então, sim, eu sou contra todo e qualquer tipo de violência contra as mulheres. Sou contra qualquer violência.

Enfim, aqui fica o meu mini protesto e será manifestado cada vez que eu usar minha blusinha. Separei aqui mais algumas peças da loja que eu gostei bastante.


Sabe o que é melhor? Durante todo o mês de novembro, que por sinal já está mais do que no meio, a Loja Boutique Judith estará com várias promoções por causa da Black Friday.

Se você não conhece a loja e quer conhecer é um bom momento para aproveitar os preços. Além de camisetas, a loja tem várias outras opções como moletons, biquínis, vestidos, entre outros. É só dar uma fuçadinha.

Acompanhe a Boutique Judith no Instagram e no Facebook.
Espero que tenham curtido.

domingo, novembro 18, 2018

LINKS DA SEMANA

O domingo está chegando ao fim e descansamos bastante, depois de um feriado prolongado assim, não tem do que reclamar. Por aqui foi tudo bem tranquilo, consegui colocar as ideias no lugar e consegui dar uma aliviada na mente para começar com tudo mais uma segunda-feira. 

Separei alguns links de artigos publicados essa semana e que acredito que vale muito a leitura. Vai de beleza até mulheres na ciência.


  1. esfoliantes sem plástico *vídeo
  2. Por que poucas mulheres venceram o prêmio Nobel
  3. Mickey Mouse 90 anos: 10 fatos sobre o camundongo mais amado do mundo que você não sabia 
  4. George R. R. Martin escreve carta homenageando Stan Lee
  5. 10 casais LGBTs mais fofos do mundo das séries
  6. Marvel revela linha do tempo oficial dos filmes do MCU
  7. Aprenda a fazer versão mais saudável da lasanha (com beringela)
  8. 5 razões para deixar sua segunda-feira mais leve
  9. O que New York  guardou pra mim
  10. Lavanda: a cor que a gente quer usar no verão

Boa semana!

segunda-feira, novembro 12, 2018

LIVRO | SERIAL KILLERS - ANATOMIA DO MAL - HAROLD SCHECHTER




Comprei esse livro faz 84 anos, já terminei de ler, mas estou aqui sem colocar no blog. Vai entender. Mas aqui estamos para finalmente falar de coisa boa: serial Killers. Não que seja uma coisa boa, mas é que o assunto no geral é muito interessante e desperta uma curiosidade imensa em mim e em muitas pessoas que conheço.

Sinopse: Entre na mente dos psicopatas. O dossiê definitivo sobre assassinos em série. O que faz pessoas aparentemente normais começarem a matar e não pararem mais? O que move – e o que pode deter – assassinos em série como Ed Gein, o psicopata americano que inspirou os mais célebres maníacos do cinema, como Norman Bates (Psicose, de Alfred Hitchcock), Leatherface (O Massacre da Serra Elétrica, de Tobe Hooper) e Hannibal Lecter (O Silêncio dos Inocentes, de Jonathan Demme). Como explicar a compulsão por matar e o prazer de causar dor, sem qualquer arrependimento? De onde vem tanta fúria?
As respostas estão no novo lançamento da editora DarkSide Books: Serial Killers – Anatomia do Mal, dossiê definitivo sobre o universo sombrio dos psicopatas mais perversos da história. Escrito por Harold Schechter – que pesquisa o tema há mais de três décadas e já publicou, inclusive, a biografia de Ed Gein (Deviant, 1998) -, o livro é referência fundamental a todos os que se interessam pelo universo da investigação e da criminologia.
Pontuado por curiosidades macabras, dados científicos e fatos pouco conhecidos sobre a trajetória dos principais criminosos em série dos Estados Unidos, Serial Killers: Anatomia do Mal abrange desde a criação do termo serial killer no início do século XX até o fascínio exercido por assassinos em série na cultura pop (cinema, música, literatura).
Com clareza, ritmo e muita informação, Harold Schechter traça perfis psicológicos impressionantes de criminosos que desafiaram a polícia, viraram notícia e continuam a nos assombrar nas telas da TV e do cinema. 
Além de Ed Gein, a galeria de personagens sinistros inclui a ex-prostituta Aillen Wuornos (inspiração para o filme Monster), que, depois de confessar seis assassinatos, pediu para ser condenada à morte para interromper a matança, o Assassino do Zodíaco (cuja verdadeira identidade é desconhecida até hoje), Charles Manson, o lunático que comandou o assassinato da atriz Sharon Tate em um ritual macabro , o canibal Jeff Dahme, que chegou a matar e devorar uma pessoa por semana no verão de 1991e Green River Killer, principal assassino de prostitutas da história, só capturado pela polícia com a ajuda de outro serial killer.
Em Serial Killers: Anatomia do Mal você vai descobrir como eles matam e por que eles matam. Por amor, desespero, dor ou prazer. Por conta de famílias desfuncionais e infâncias perturbadoras. Em nome do demônio ou para o janta
Histórias Reais, Assassinos Reais, de uma maneira que você nunca viu, estudados com rigor científico, profundidade e conhecimento psicológico. Um livro que vai atrair a atenção dos fãs das séries CSI, Criminal Minds, Dexter e do canal Discovery Investigation e de todos aqueles que querem entender o que se passa na mente dos assassinos mais temidos e cruéis de todos os tempos.


Avaliação: ★★★

É um livro para quem se interessa muito por histórias de serial killer e também que tenham estômago para ler as maiores barbaridades que o ser humano é capaz de fazer com alguém.

Harold Schechter conta as histórias desde quando o nome assassino em série nem existia oficialmente. É bem interessante, mas ao mesmo tempo assustador quando você percebe a natureza do ser humano é ser mal. Eu demorei um pouco para terminar a leitura, pois é bem difícil digerir algumas histórias.

Eu sei que existem muitas pessoas que assim como eu, gostam bastante de ler sobre assassinos em série, então esse é o tipo de livro que eu recomendaria para esse público. Se você não curte muito o assunto, melhor passar longe, ou então, você pode ler e de repente se apaixonar pelo tema também.

Título: Serial Killers - Anatomia do Mal
AutorHarold Schechter 
Páginas: 480
Ano: 2013
Gênero: Crime / Ficção / Literatura Estrangeira
Editora: DarkSide Books
I.S.B.N: 9788566636123
Tradutor

Compre na Amazon clicando no link abaixo, assim você estará ajudando o blog ❤

terça-feira, novembro 06, 2018

MOLETONS LEGAIS DA LOJA SKULL

Conheci a Loja Skull faz pouco tempo e preciso dizer que estou apaixonada. Eu sou o tipo de pessoa que quanto mais a roupa for confortável, melhor. Sou ainda, daquelas que vive na seção masculina procurando coisas legais, já que para mulheres as roupas são sempre do mesmo jeito e pior, eles acham que todas as mulheres usam no máximo até 40. Uma saga.

A Skull entrou em contato comigo e me enviou o moletom que estou na foto acima. Eu achei bem legal, mas confesso que me enrolei na hora de escolher e acabei ficando com esse, que não deixa de ser bem legal e minha cara, visto que eu xingo demais (não façam isso em casa).

Sobre a loja: A Skull Clothing é um site de Roupas Masculinas com peças únicas e exclusivas que combina com seu Lifestyle. Aqui você encontra Street Wear com qualidade e ofertas imbatíveis. O Swag, Skate, e Hip-Hop estão estampados em nossas Camisetas, Regatas, Longlines e Moletons. Aqui você irá encontrar uma grande variedade de Camisas básicas e personalizadas para comprar online com segurança, transparência e comodidade.

A Loja Skull é voltada para o público masculino, então é uma boa dica caso você queira presentear alguém, ainda mais que está chegando o natal, então tenho certeza de que o boy magia vai adorar um presentinho. Separei aqui alguns itens da loja que mais gostei.
Vai ser uma peça que tanto eu quanto Rodrigo usaremos, por isso já deixo aqui registrado que não tem dessa de roupa de mulher, roupa de homem. A gente usa o que bem entender, viu?

Além de moletons, a loja conta ainda com várias outras peças, como bermudas, camisetas, regatas, longlines, entre outras.

Agradeço demais à Skull pelo presente, eu adorei!

Acompanhe a loja no Facebook e Instagram.

domingo, novembro 04, 2018

LIVRO | O TEMPO DESCONJUNTADO - PHILIP K. DICK

O tempo desconjuntado é o primeiro livro que leio do Philip K. Dick e estou completamente apaixonada pela escrita dele. Eu sempre gostei demais de ficção científica, porém ultimamente é o gênero que menos estou lendo, acho que estou focando demais em thriller, suspense e afins.

Sinopse: Um romance impressionante de um dos maiores nomes da ficção científica. Philip K. Dick faz o leitor duvidar do real e se perguntar a todo momento até que ponto a paranoia é justificada. Com edição especial em capa dura e projeto gráfico arrojado, uma obra inédita de Philip K. Dick chega ao Brasil, trazendo um retrato único da construção do medo, da desconfiança e da própria realidade. Ragle Gumm tem um trabalho bastante peculiar: ele sempre acerta a resposta para um concurso diário do jornal local. E quando ele não está consultando seus gráficos e tabelas para o trabalho, ele aproveita a vida tranquila em uma pequena cidade americana em 1959. Pelo menos, é isso que ele acha. Mas coisas estranhas começam a acontecer. Primeiro, Ragle encontra uma lista telefônica e todos os números parecem ter sido desconectados. Depois, uma revista sobre famosos traz na capa uma mulher belíssima que ele nunca tinha visto antes, Marilyn Monroe. E para piorar, objetos do dia a dia começam a desaparecer e são substituídos por pedaços de papel com palavras escritas, como “vaso de flores” e “barraca de refrigerante”. A única alternativa que Ragle encontra para descobrir o que está acontecendo é fugir da cidade e de todos esses acontecimentos bizarros, contudo, nem a fuga nem a descoberta serão tão fáceis quanto ele imaginava.


Avaliação: ★★★★★

Estou preparando esse post já faz alguns meses, mesmo porque já terminei a leitura há um bom tempo. Acontece que o tipo de post que levo mais tempo para fazer são sobre filmes e livros, pois não gosto de deixar nada de fora e nem falar besteira.

Eu simplesmente adorei O Tempo Desconjuntado. É um livro que fala sobre volta no tempo (ou não), mostra como o ser humano pode ser capaz de manipular os outros afim de atender suas próprias necessidades. Aqui temos uma história de ficção científica quase não reconhecida e que merece um lugar no topo de melhores livros de ficção dos últimos tempos.

O livro foi publicado pela primeira vez em 1958, já depois da Segunda Guerra Mundial, mas a guerra era algo muito recente, por isso vemos um cenário em que ela ainda está lá.

Se você já assistiu ao Show de Truman, certamente vai fazer um paralelo entre os dois mundos, o de Truman e o de Ragle Gum, que é um cidadão comum, vivendo de forma monótona, mas é mais ou menos uma celebridade em sua cidade.

Aos poucos ele vai descobrindo pistas de que sua vida é uma bela mentira e que ele precisa sair dali. Mesmo vivendo uma mentira, o que ele faz é ajudar o seu país, não da forma como deveria ser, mas ele ajuda mesmo assim.

Como eu disse antes, nunca li nada do PKD, então não tenho como comparar uma obra com outra, mas sei que normalmente os leitores adoram suas obras. No caso de O Tempo Desconjuntado, não é o livro mais popular dele, entretanto recebeu inúmeros elogios pela crítica pelo que li até agora. Tive uma experiência muito boa ao ler esse livro e foi a porta de entrada para que eu quisesse ler os demais livros do Philip.

A história é muito bem desenvolvida, com personagens bem trabalhados e fortes, porém sinto como se faltasse uma continuação. Infelizmente essa sensação seguirá, já que PKD já não pertence mais a esse mundo.

Ainda assim, não ficam lacunas, a vontade é só que a história fosse eterna, porque é nada mais que maravilhosa.

Deixo aqui a minha dica e já aviso que estou com vários livros para atrasados para postar aqui para você.

Até a próxima!


TítuloO tempo desconjuntado; 
AutorPhilip K. Dick
Páginas: 272; 
Ano: 2018; 
Gênero: Ficção Científica; 
Editora: Suma.
I.S.B.N9788556510662
Tradutor: Braulio Tavares


Compre na Amazon clicando no link abaixo, assim você estará ajudando o blog ❤

sábado, novembro 03, 2018

5 BENEFÍCIOS DO WHEY + 2 RECEITINHAS SUPER FÁCEIS

Recentemente eu descobri que a minha saúde não anda lá nas alturas por causa do sedentarismo e também por causa da minha alimentação que não está muito boa. É bem na marra, mas estou trabalhando o meu paladar para deixar de comer besteiras e também pretendo voltar para a academia.

Acho que eu faço parte da maioria das pessoas que ouve a palavra academia e já associa à músculos e suplementos alimentares. Claro que não vou começar de cara a tomar suplementos, mas achei que valia a pena fazer uma pesquisa rápida para, quem sabe, inclui-los na minha alimentação em breve.

Na Loja dos Suplementos você encontra uma variedade imensa de produtos com preços variados e acessíveis.

Trouxe aqui uma pequena listinha com cinco benefícios de incluir o whey protein no dia-a-dia para ter ótimos resultados.
  1. Melhora a composição corporal, potencializando o trabalho de anabolismo muscular, de manutenção do tecido muscular e de reabilitação das fibras musculares;
  2. Potencializa o desempenho na realização de exercícios aeróbicos e de força;
  3. Acelera a recuperação entre os treinos e permite um intervalo menor entre as sessões de exercícios;
  4. Diminui os sintomas de cansaço após o treino, comum para muitos atletas;
  5. Possui alta concentração de glutamina e BCAA, e, se comparado a outras fontes de proteína, é o que fornece mais aminoácidos essenciais para o corpo, sem a adição de colesterol e gordura.

Esses são alguns dos benefícios do whey que retirei do site da loja, que conta ainda vários outros benefícios, além de tirar todas as dúvidas sobre o que é e como tomar.





Separei, também, duas receitinhas super fáceis de fazer usando o whey. Vamos lá?
-Bolo de cenoura com calda de whey: 
1 cenoura
1 ovo
farelo de aveia, adoçante e fermento.
Calda: whey, cacau e água.
É só misturar tudo e levar ao microondas por 5 minutos.

-Sorvete de whey sabor morango:
Morangos congelados, iogurte desnatado, adoçante culinário e whey protein sabor morango.
É só bater tudo no liquidificador e saborear.

Lembrem-se: não sou nutricionista, nem formada em educação física. Esse post tem o intuito de informar apenas e ajudar a quem estiver interessado no produto.

Acompanhe a Loja do Suplemento no Facebook, Instagram, Twitter, YouTube e G+.

Em breve contarei minhas aventuras na academia e na cozinha. Espero que curtam.

Até a próxima.


quinta-feira, novembro 01, 2018

5 COISAS QUE NÃO COMPRO MAIS

Depois de contar para vocês sobre meu novo estilo de vida minimalista, eu resolvi fazer esse post para compartilhar com vocês algumas coisas que eu não compro mais. Estou cortando tudo o que é desnecessário e se ficar seis meses parado, adeus!

Além disso, algumas coisas são dinheiro jogado no lixo. Então deixa eu explicar o quê e porquê não compro mais essas cinco coisas.

  1. Assinatura de TV a cabo: desde que a senhora Netflix entrou na minha vida, eu percebi que realmente não preciso gastar R$100 em uma assinatura de TV fechada para assistir três ou quatro canais. Além do mais, sejamos honestos, tudo você encontra na internet. Vídeos no Youtube, downloads via torrent... Então está cortado da minha vida.
  2. Suvenir: tudo bem, eu comprei a última viagem, mas foi para a família e amigos. Não vou comprar nada para a minha casa que vá só acumular poeira. Das viagens, a única coisa que vou guardar daqui para frente são fotos.
  3. Aplicativos de celular: quem em sã consciência compra aplicativos de celular? Sim, gente, eu já comprei alguns desde que inventaram aplicativos para tudo, inclusive o Afterlight é um dos meus apps favoritos, mas é dinheiro jogado no lixo. Tenho esse app há uns cinco anos e só passei a usar recentemente, apenas por questão de honra. Não vale a pena, você vai acabar pagando para não usar.
  4. Sapatos, maquiagem, acessórios e bijuterias (por um ano): pois bem, lá no post sobre meu consumismo, eu citei a quantidade absurda que tenho de um monte de coisas. Tenho muitos sapatos, makes, etc. Decidi que não vou comprar nada desses itens por, no mínimo, um ano. Só depois que estiver tudo muito bem usado e se eu sentir necessidade mesmo.
  5. CDs e DVDs: quer coisa mais inútil que mídia de CD e DVD? são coisas ultrapassadas e que estragam com uma facilite incrível. Para armazenar meus arquivos, hoje em dia, ou é em nuvem ou é em pendrive. Para quê acumular um monte de tralha se você pode assistir uma série completa e depois só fechar a janelinha sem acumular um monte de lixo?

É isso. Além de economizar uma grana legal, eu ainda evito gerar uma tonelada de lixo que acaba com o meio ambiente e faz um monte de animais sofrerem. É bem difícil consumir de forma consciente quando você é a única pessoa a fazer isso no seu círculo social, mas não vou desistir.

Até a próxima.
Milca Abreu - Blog Sabe o inverno. Design by Berenica Designs.