segunda-feira, fevereiro 05, 2018

EXPOSIÇÃO | 100 ANOS DE ATHOS BULCÃO

Estou tão feliz porque finalmente fui em uma exposição depois de tanto tempo sem. Eu gosto demais de exposições e já mostrei algumas aqui no blog, a última foi em 2016, então já estava passando da hora né? É incrível como passa rápido. Dessa vez fui conferir a obra de um ícone de Brasília: Athos Bulcão. 

Mais sobre a mostra:
Em comemoração à trajetória de Athos Bulcão o CCBB começa 2018 em  grande estilo, homenageando o artista com uma exposição que reúne  mais de 300 obras, incluindo material inédito. Será mostrada a  conexão entre suas obras e sua poética. Será possível visualizar  seu caminho no Brasil e exterior, desde sua inspiração inicial  pela azulejaria portuguesa, seu aprendizado sobre utilização das  cores, quando foi assistente de Portinari, até as duradouras e  geniais parcerias com Niemeyer e João Filgueiras Lima.
Essa homenagem a Athos resgata o valor individual dessa arte  única, que foi produzida no Brasil; sua importância no panorama  da visualidade moderna, além da valorização e reconhecimento à  manutenção da memória nacional.
Com curadoria de Marília Panitz e André Severo, a exposição “100  anos de Athos Bulcão”, realizada pela Fundação Athos Bulcão e  produzida pela 4 Art, irá percorrer as unidades do CCBB Brasília,  Belo Horizonte, Rio de Janeiro e São Paulo, a partir de 16 de  janeiro de 2018.
Mesmo tendo nascido em Brasília, tem muita coisa por aqui que ainda é novidade. Eu sabia quem era Athos Bulcão, mas algumas coisas sobre ele eu não sabia, por exemplo que ele pintou quadros. E convenhamos, nos azulejos ele é melhor. Gostei muito e foi uma tarde de bastante aprendizado. Tirei algumas fotos das obras que mais gostei.
O CCBB tem um espaço enorme e sempre que vou lá, faço questão de andar por todos os lados. Quando chegamos estava tendo ensaio de uma orquestra e estava lindo. Sempre tive vontade de ver a Orquestra Sinfônica aqui de Brasília, mas nunca fui. Então foi muito legal ver algo parecido assim de perto.

Aproveitei para fazer algumas fotos já que o clima estava exatamente como amo: frio e nublado. 

A exposição está aberta até o dia 01/04, funciona de 9 às 21h e a entrada é franca.

Curtam a página do blog no Facebook


quinta-feira, fevereiro 01, 2018

LIVROS PARA LER EM FEVEREIRO

Preciso dizer que, enquanto escrevo esse post, não consigo aguentar de tanta felicidade. O motivo? Já que o post é sobre livros então vou contar: o blog agora é parceiro da editora Companhia da Letras. Eu fiz inscrição para várias editoras e fiquei bem chateada por não ter sido selecionada, até duvidei que seria selecionada pela Companhia da Letras, já que é uma editora grande e várias menores não me escolheram. Aqui no blog tem muitos livros do grupo, eu realmente gosto do catálogo, então acho que vai ser uma experiência muito legal.

Mas voltando ao assunto, agora que janeiro se foi, é hora de definir as leituras do mês de fevereiro. Ainda não finalizei dois livros do mês passado, então serão menos livros agora.
  • Geek Love (Eric Smith) - acho que faz uns dois anos que comprei esse livro e li só as primeiras páginas. Na época em que comprei foi exatamente quando decidi passar 24 horas do dia estudando para concurso. Agora que percebi que não adianta fazer isso, tenho mais tempo para viver, então, está na lista.
  • O homem X (Bruno Paes Manso) - esse livro foi um empréstimo, mas a pessoa que me emprestou apenas desapareceu do mapa. Vou aproveitar e ler logo ele, já que também está na fila há algum tempo.
  • Os últimos dias de Krypton (Kevin J. Anderson) - seguindo o ritmo das leituras de janeiro, com Wayne de Gotham, vou ler esse, pois não aguento mais olhar para ele parado na estante. Não sei o nível de loucura de vocês, mas sinto que meus livros me julgam por não tê-los lido.
Essas são as escolhas do mês e sei que são poucos, mas ainda vou receber o livro em parceria com a Companhia das Letras (pulando aqui) e preciso terminar os do mês passado. Além disso o mês tem só 28 dias - e ainda tem carnaval - e vai ser uma mega correria por aqui. Torçam por mim e me acompanhem nas redes sociais para saber o que está rolando do lado de cá.

Curtam a página do blog no Facebook

segunda-feira, janeiro 29, 2018

5 COISAS PARA USAR NO BULLET JOURNAL EM FEVEREIRO

Janeiro está chegando ao fim (depois de 395 dias) e eu já estou ansiosa para a chegada de Fevereiro.  Junto com o fim do mês vem também o planejamento para os próximos dias e com a ajuda do bullet journal eu estou conseguindo manter as coisas em ordem. É modinha? É e eu não ligo, muito pelo contrário, quero mais inspiração para deixar minha vida mais organizada. Gente, vou contar uma coisa, vida a dois é difícil, ainda mais quando você está acostumada a ter tudo na mão quando mora com os pais. Eu esqueço de tudo, esqueço de fazer comida, esqueço de tirar a roupa da máquina, esqueço de tirar do varal, esqueço de colocar a comida na geladeira, ô jesus! Estou nessa vida desde o fim de agosto e cada dia é um desafio. 

Desde que comecei a usar o bujo eu tento ser o mais simples e sem neura possível, já que normalmente eu sou meio louca com tudo o que eu quero fazer, então tento ser quase sempre despreocupada. Mesmo que seja difícil. Agora, resolvi colocar mais algumas coisas no bujo, como teste e como desafio. Até agora tenho ficado pouco em falta com ele, mas ainda quero melhorar muito meu comprometimento. Vamos lá para as coisas legais que eu vou usar  e que você também pode incluir, caso use o bullet journal.

1 - Monthly Log
É basicamente uma forma de você visualizar todo o mês em "uma única página". Facilita bastante para organizar o mês inteiro, ainda mais se você for uma pessoa com vários compromissos ou que costuma usar um calendário editorial para publicar no seu blog ou canal.
Eu já usei, inclusive para o mês de janeiro e principalmente por causa do blog, mas ainda estou pensando se vou incluir esse mês, já que eu não costumo ter tantas atividades pré-programadas.

2 - Metas do mês
Todo início de ano, nós estabelecemos metas, eu pelo menos faço sempre. Acontece que às vezes vão surgindo coisas que colocamos como meta para um período em específico e é aí que você pode inserir a cada início de mês. Pode ser qualquer coisa, entre as minhas metas está comer menos carboidrato e menos açúcar. Como sou dos tempos antigos, prefiro colocar literalmente no papel

3 - Controle de gastos
O maior desafio da minha vida é controlar gastos. Como isso é difícil. O Rodrigo é minha única forma de me manter na linha, já que sempre que vou comprar alguma coisa eu me pergunto se ele vai me olhar feio. Ele é muito controlado e eu morro de medo de lascar tudo, então sem dúvida vou colocar isso no bujo esse mês.

4 - Wishlist
Eu sempre fazia aqui no blog, mas confesso que depois de publicar o post eu raramente volto para ver e dar prioridade a essa lista. No mês de fevereiro eu vou fazer uma lista de coisas que eu quero e coisas que eu preciso. É fundamental você priorizar coisas que precisa.

5 - Memórias
A Maki é a minha maior inspiração para o bullet journal e ela sempre faz uma página com memórias do mês. Lá ela coloca coisas legais que fez no mês. Acho válido lembrar de pequenos momentos ou grandes momentos e sempre agradecer. Acredito que auxilia muito pessoas que assim como eu costumam/costumavam reclamar demais e a valorizar certos momentos.

Você também usa o método bullet journal ou alguma outra forma de se organizar? Conta aí o que achou das dicas.

quinta-feira, janeiro 18, 2018

5 FILMES INCRÍVEIS COM MORGAN FREEMAN

Esse post é dedicado ao meu maridinho Rodrigo, que é fã do Morgan Freeman. Aliás, quem não é fã dele é porque nunca prestou bem atenção no ator. Não consigo lembrar de nenhum filme que ele tenha atuado que tenha sido ruim. Ele é um ator incrível e, pelo que se pode perceber através de entrevistas, é um ser humano admirável. 

Recentemente assisti uma série de filmes com Morgan Freeman que provavelmente você ainda não assistiu. Resolvi compartilhar aqui no blog, porque 1) filmes são sempre uma ótima opção 2) coisa boa tem que ser compartilhada.

1 -  Seven: Os Sete Crimes Capitais (1995)
Dois policiais, um jovem e impetuoso (Brad Pitt) e o outro maduro e prestes a se aposentar (Morgan Freeman), são encarregados de uma perigosa investigação: encontrar um serial killer que mata as pessoas seguindo a ordem dos sete pecados capitais. Do diretor David Fincher.

2 - Conduzindo Miss Daisy (1989)
Atlanta, 1948; Uma rica judia de 72 anos (Jessica Tandy) joga acidentalmente seu Packard novo em folha no jardim premiado do seu vizinho. O filho (Dan Aykroyd) dela tenta convencê-la de que seria o ideal ela ter um motorista, mas ela resiste a esta ideia. Mesmo assim o filho contrata um afro-americano (Morgan Freeman) como motorista. Inicialmente ela recusa ser conduzida por este novo empregado, mas gradativamente ele quebra as barreiras sociais, culturais e raciais que existem entre eles, crescendo entre os dois uma amizade que atravessaria duas décadas.

3 - Um Sonho de Liberdade (1994)
Em 1946, Andy Dufresne (Tim Robbins), um jovem e bem sucedido banqueiro, tem a sua vida radicalmente modificada quando mandado para uma penitenciária para cumprir prisão perpétua por ter assassinado sua mulher e o amante dela. No presídio, faz amizade com Ellis Boyd Redding (Morgan Freeman), um prisioneiro que cumpre pena há 20 anos e controla o mercado negro do presídio.

4 - Antes de Partir (2007)
Carter Chambers (Morgan Freeman) é um homem casado, que há 46 anos trabalha como mecânico. Submetido a um tratamento experimental para combater o câncer, ele se sente mal no trabalho e com isso é internado em um hospital.  Logo passa a ter como companheiro de quarto Edward Cole (Jack Nicholson), um rico empresário que é dono do próprio hospital. Edward deseja ter um quarto só para si mas, como sempre pregou que em seus hospitais todo quarto precisa ter dois leitos para que seja viável financeiramente, não pode ter seu desejo atendido pois isto afetaria a imagem de seus negócios. Edward também está com câncer e, após ser operado, descobre que tem poucos meses de vida. O mesmo acontece com Carter, que decide escrever a "lista da bota", algo que seu professor de filosofia na faculdade passou como trabalho muitas décadas atrás. A lista consiste em desejos que Carter deseja realizar antes de morrer. Ao tomar conhecimento dela Edward propõe que eles a realizem, o que faz com que ambos viagem pelo mundo para aproveitar seus últimos meses de vida.

5 - Despedida em Grande Estilo (2017)
Refilmagem da comédia “Despedida em Grande Estilo” (1979), clássico de Martin Brest premiado no Festival de Veneza. Três amigos idosos, que vivem de doações e, para sair da pobreza, decidem tramar o roubo de um banco.

Já viram algum filme dessa lista? 
Milca Abreu - Blog Sabe o inverno. Design by Berenica Designs.