terça-feira, dezembro 12, 2017

SÉRIE | SECRETS AND LIES

Séries policiais também são muito queridas por aqui, por isso, vira e mexe eu procuro alguma nova para ver. Sou muito fã de séries tipo CSI e Chicago PD. Secrets and Lies segue essa linha, mas a única semelhança entre a primeira e a segunda temporada é a detetive Cornell e sua eficiência quando se trata de descobrir o culpado.

A primeira temporada é sobre o assassinato de Mike, um menino de 7 anos e muito querido pela família de Ben Crowford. Ben se torna o principal suspeito depois de não saber explicar e convencer a todos como chegou ao corpo do garoto.

Os personagens são muito bem construídos bem como toda a história. A série tem um suspense no ar, daqueles que você fica apostando quem é culpado, quem não é e no final de surpreende DEMAIS!

Ben, como principal suspeito, precisa provar a todos que é inocente, para isso ele procura pistas e motivos que outras pessoas tenham para querer fazer qualquer crueldade com o menino. O problema é que ele sempre acaba se incriminando e eu confesso que isso me irritou um pouco. Não consigo imaginar o que eu faria se precisasse comprovar minha inocência sobre qualquer coisa, mas me irritou tanto o fato de que a Cornell o tempo todo pedia para ele parar e deixar a polícia trabalhar e ele simplesmente não dava a mínima.

Conforme vão se passando os episódios, você suspeita de todos e realmente acha que todo mundo é culpado, até mesmo o Ben. Tudo aponta para ele. Acontece que o final é bem surpreendente.

Já na segunda temporada, a história é outra, o elenco é todo diferente, e, como eu disse, a única coisa que continua igual é a detetive.

Logo no primeiro episódio a mulher cai do 6° andar, até então de forma misteriosa. Ela é esposa de Eric Warner, logo, ele é o principal suspeito de assassinar a esposa. Amada é irmã dele e é advogada, ela que vai lutar até o fim para provar a inocência do irmão. Acreditem o final é surpreendente e você vai sentir muita raiva. Mas tudo é mito legal, a sensação de ser um detetive por trás das câmaras é maravilhosa!

Já vira? o que acaram? Pretendem ver? me Contem depois.

segunda-feira, dezembro 11, 2017

4 SÉRIES QUE EU NÃO AGUENTO MAIS!

Vocês sabem o quanto eu amo séries. Deus é testemunha de que eu tentei, eu juro que eu tentei, com lágrimas nos olhos, continuar amando cada episódios dessas séries, mas a verdade é que EU NÃO AGUENTO MAIS!!! Certeza de que você tem aquela série que adora e que quando chega na temporada 95 você só pede a Deus que toque no coração dos produtores para que eles acabem com tudo logo. Ultimamente estou dando muito valor àquelas séries que têm 10, no máximo 13 episódios. Só assim eu sei que não vai ter muito mimimi, encheção de linguiça e cada episódio vai ser muito bem aproveitado. Aqui estão algumas daquelas que já foram as queridinhas do meu coração, mas que hoje eu só quero que termine.


1 - The Flash
Lembro até hoje o quanto fiquei animada quando o primeiro episódio de Flash vazou. Eu assisti de novo na estreia e estava amando tudo, inclusive o Cisco era a melhor pessoa. Eis aqui alguns motivos pelos quais eu não consigo continuar vendo a série: Wally é chato demais com isso de que não tem poder, todo mundo tem menos eu; Berry nunca ouve ninguém, vai lá, faz merda, se arrepende, mudou a linha do tempo; Cisco tá chato demais; Caitlin não decide se assume seus poderes ou não, tá chata demais; todo dia um Harrison Wells diferente. Ah, cansei! Não vejo mais nenhum episódio.

2 - Arrow
Olha, eu era apaixonada pelo Oliver, pela Lauren e por todo mundo ali, mas chegou a um ponto em que eu não aguento mais "I must be someone else. I must be something else". Dá vontade de gritar quando ouço isso em algum outro contexto. Além disso, detesto as vezes em que o Oliver dá piti, o que acontece em quase todos os episódios. Isso de "ain não pode matar", "ain, você não é um assassino" me dá nos nervos. Chega, eu não preciso disso!

3 - Legends of Tomorrow
Essa poderia ter parado no segundo episódio. Parei na primeira temporada mesmo e quase nem chego ao fim. Na época da estreia eu venerava a CW, amava a Canário e tinha grandes expectativas para LOT. Foi decepção a primeira vista e por mim acabava hoje mesmo. Acho que a CW tem ótima intenções, mas as séries estão realmente bem chatas.

4 - The Walking Dead
GENTE!! Eu adoro zumbi, adoro todo esse universo, mas TWD chegou a um ponto em que os zumbis não são mais o foco. Esses episódios que contam a história de um único personagem são chato demais. A série não anda, não acontece nada de MEU DEUS O QUE FOI ISSO? Não aguento mais ninguém conseguir acabar com o Nigan. Simplesmente parou no tempo. Nada mais acontece.

Tem alguma série que você não aguenta mais também? Conta ai e vamos reclamar juntos no Twitter.

quarta-feira, dezembro 06, 2017

LIVRO | PSICOPATAS DO COTIDIANO - KATIA MECLER

Li esse livro faz um tempo e estava aqui procrastinando para compartilhar com vocês. O título do livro é um tipo que chama minha atenção de longe, então quando o vi não tive dúvidas de que ele seria meu. Assim como já disse quando sugeri esse livro e essa série, eu AMO história sobre serial killers e psicopatas. Ficção ou não, eu gosto da leitura, não perguntem o motivo, apenas gosto.

Mas aqui não temos histórias de criminosos ou algo assim. Eu diria que é mais um manual para você reconhecer os psicopatas que te rodeiam. As vezes eu acho que deveria cursar psicologia, porque o comportamento humano é no mínimo interessante. Confesso que quando vi o título do livro pensei: NOSSA, SERÁ QUE ESTOU CERCADA DE LOUCOS CRIMINOSOS? Mas como eu disse, através dessa leitura você  consegue analisar um pouco as pessoas próximas a você.
Sinopse: Diz o ditado que de perto ninguém é normal. E, de fato, basta parar um minuto para observar o seu entorno e você vai identificar aquela pessoa que é instável demais, outra que é inflexível demais, outra ainda que é teatral ou insegura ou arrogante ou submissa... Os desvios são muitos, e estão sempre à nossa volta. Às vezes são apenas características individuais, que não preenchem critérios para diagnóstico psiquiátrico algum, mas outras vezes são comportamentos repetitivos, peculiares e disfuncionais que causam danos físicos e psicológicos às próprias pessoas ou para aquelas que estão ao seu redor. Este livro identifica estes que são os psicopatas do cotidiano e explica em detalhes as características que levam essas pessoas a agirem assim. Para quem tem um deles ao redor, será uma oportunidade única de descobrir mecanismos que ajudem a manter a própria integridade, física ou psicológica, sem abrir mão da convivência. "As pessoas precisam, isto sim, conhecer melhor seus próprios problemas ou os transtornos de gente do seu relacionamento. E o conhecimento é o melhor caminho para que se possa conviver melhor.
Avaliação: ★★★★☆
O autor mostra a cada capítulo um tipo de transtorno de personalidade, tais como o paranóide, o borderlaine, o antissocial, entre outros. É muito comum no decorrer da vida encontrarmos pessoas com essas características e é bem complicado lidar com essas pessoas. Além disso, quem aí nunca se considerou antissocial? ou obsessivo-compulsivo? Eu mesma me considero uma pessoa que não sabe lidar com outras pessoas na maioria das vezes e gosto até de evitá-las, claro, não sempre (risos).

E aí que em Psicopatas do Cotidiano a autora, Katia Mecler, nos explica detalhadamente como são cada uma dessas pessoas. Sabemos que é muito fácil nós aprendermos a lidar com elas do que esperar que elas mudem do dia para a noite, então é uma leitura extremamente válida.

Já percebeu, também, que muitas pessoas que ocupam cargos altos possuem algum tipo de característica que nos faz pensar NÃO PODE SER NORMAL. Já tive chefes que arrasaram com a minha vida justamente porque eu não sabia lidar com alguns comportamentos.
É impressionante como muitas das coisas faladas no livro são reais e me fizeram pensar em todas as pessoas que já passaram pela minha vida. Sem falar que na maioria dos casos a gente só tem o costume de pegar ranço e pronto. Também é importante que aquelas pessoas que têm filhos fiquem de olho no comportamento deles. Isso é muito sério e o ser humano, normalmente, já têm o poder de destruir vidas e ser péssimos, então a melhor saída é cuidar das crianças de hoje.

Como eu disse ali em cima, o comportamento humano é interessantíssimo, talvez seja esse o motivo de eu gostar tanto de temas relacionados.

I.S.B.N: 9788577345700; Páginas: 253; Ano: 2015; Autor: Katia Mecler; Gênero: Não-ficção / Psicologia; Editora: Leya.

Onde comprar:

terça-feira, dezembro 05, 2017

CONFRATERNIZAÇÃO DE INFLUENCIADORAS DIGITAIS DE BRASÍLIA 2017

Se tem uma coisa - das várias - que eu detesto nessa vida é ficar sem postar aqui no blog. Isso me deixa muito para baixo sabe? mas é que às vezes dá um desânimo, aí não postar me dá mais desânimo e por aí vai. Enfim. Vou contar para vocês um pouquinho sobre a confraternização que tivemos no último final de semana com algumas blogueiras aqui de Brasília. Hoje eu não posso mais dizer que faltam blogueiros aqui, porque fiz tantos amigos que compartilham do mesmo amor que eu por esse mundo que seria muita injustiça dizer que eles não existem. Agora só precisamos conquistar um espaço maior.

As idealizadoras do evento foram a Maria e a May, duas pessoas incríveis que passei a admirar demais. Elas, inclusive organizaram o picnic, lembram? Então, quando a Maria me convidou eu pulei de alegria, porque sempre via as fotos desses eventos de final de ano e ficava com muita vontade de participar.
Foi muito trabalhoso. Apesar de não ter participado diretamente da organização, sei que foi algo que exigiu muito esforço e noites sem dormir por parte das organizadoras. Empresas que disseram que apoiariam e em cima da hora desapareceram; vários nãos, várias portas fechadas, mas também várias pessoas acreditando no nosso trabalho, e é isso que me faz querer continuar.
Eu tinha muito receio de dizer que sou uma influenciadora e ainda me acho muito pequena para me intitular ~influencer, porém sei que vocês que me acompanham e que seguem a maioria das minhas sugestões contribuem muito para que o blog cresça cada dia mais. Tenho muito o que aprender nessa vida, mas com a ajuda de vocês eu sei que consigo.
Para que essa confraternização desse certo, nós contamos com muitas empresas maravilhosas. Você devem imaginar como é ser reconhecido por qualquer coisa, por mínima que seja. Então nós tivemos três mini workshops: fotografia, com o Júnior da The Flash Fotos (@theflashfotos); linguagem e comunicação na era digital, com o Rodrigo do Questões Controversas (@questoescontroversas) e como fidelizar clientes, com o Diogo da Agência 2biz (@oficial2biz).
Sem falar cada uma das meninas que participou. Ri demais, pude conhecer pessoas maravilhosas e sei que essa é uma grande chance de crescermos juntas. Espero que no próximo ano possamos fazer um encontro a cada mês hahaha.

Teve muita foto e eu estou postando lá no meu Instagram e também estou marcando as meninas nas fotos, porque o tipo de mídia é bastante variado, eu levaria uns três dias para organizar e linkar cada blog, canal e Instagram aqui, então passa lá, me siga e siga as meninas também, elas são show!

Você pode acompanhar as publicações no insta pela hashtag #cibsb2017
Milca Abreu - Blog Sabe o inverno. Design by Berenica Designs.