Posts in the category: São Paulo

sexta-feira, abril 26, 2019

SÃO PAULO - PARTE 2

Vocês acreditam que eu quase esqueci desse post escondido aqui nos rascunhos? Já é quase dezembro de novo, a viagem está fazendo aniversário e eu nada de postar a parte dois. Você pode saber como foi a minha primeira Comic Con e pode ver também a primeira parte desse post já adianto que amei passear, mesmo que rápido por SP.

No segundo dia, mesmo já estando exausta, eu precisava conhecer o Mercado Municipal e comer aquele sanduíche imenso de mortadela. Não consegui comer um todo, lógico, e dividi com o boy. Antes de passar por lá, fomos na 25 de Março, mas como estava cedo, tudo estava fechado ainda, então aproveitamos para ver o Mercadão.

Finalmente tive a oportunidade de provar aqueles refrigerantes diferentões, comer aquele monte de frutas diferentonas e carérrimas, comprar um monte de biju baratinha, maquiagem quase de graça e andar no metrô lotado.

Voltando para casa, amo viajar de avião
Sei que esses três dias foram muito legais. Fiquei impressionada com muitas coisas, dentre elas a quantidade de esculturas que a cidade abriga. É um museu a céu aberto. Eu achava que Brasília era, mas me enganei. Estou verdadeiramente encantada com o valor cultural que São Paulo tem.

Estou planejando uma viagem de férias no meio do ano e quero voltar com mais calma para conhecer mais lugares com muito mais calma. Acredito que vale  muito a pena. Fiquei com a sensação de "tanta coisa no Brasil e eu querendo ir pra fora". 

Nosso país é lindo e confesso que depois de conhecer SP eu fiquei com muita vontade de viajar pelo Brasil e conhecer nossa cultura, sabe? Conhecer cada cantinho literário ou não. Enfim, esse post foi bem saudadinha.

Espero que tenham curtido.

Até a próxima.

quarta-feira, janeiro 30, 2019

SÃO PAULO - PARTE 1

Acreditem ou não, foi a primeira vez que coloquei meus pés em São Paulo. Talvez essa seja a realidade de muitas pessoas, não ter o costume de viajar e isso é realmente triste. Ainda bem que, parece, estou criando um pouquinho de juízo e revendo minhas prioridades.

A nossa ida para SP foi basicamente para is a CCXP, mas foi inevitável dar umas voltas pelos principais pontos e os mais perto do hotel que ficamos. Chegamos por volta de 17h. O trânsito por lá é assustador, nunca mais reclamo de Brasília. Do aeroporto para o hotel, é mais ou menos 15 minutos, mas levamos mais de uma hora.

Como o Rodrigo já tinha ido a São Paulo, ele acabou sendo meu "guia" para ir em alguns lugares que ele já conhecia. Nós andamos bastante, pois nunca valeria a pena ir de Uber. Fomos correndo primeiro na Galeria do Rock e na Daiso, lugares que eu queria muito conhecer.









A cidade é impressionante. A arquitetura é linda, existem inúmeros lugares para que gosta de um tour cultural, mas confesso que a quantidade de lixo espalhado por todo lugar me assustou. A quantidade de pessoas em situação de rua é absurda.

A visão que eu tinha da cidade (já que tudo o que eu sei de SP é baseado em jornais, livros, revistas, internet) era realmente uma cidade cheia de problemas, com um trânsito louco e olha, acho que é mais ou menos isso mesmo, porém eu já amei cada canto que passei.

Aqui em Brasília não vemos lixo espalhado pelas ruas, principalmente em grandes centros. Quem conhece o Setor Comercial Sul sabe que ali é cheio de pessoas em situação de rua, mas não chega nem perto do que é o centro de São Paulo. Mas uma coisa interessante é que o policiamento ali é enorme.

Claro que não podemos bobear, mas ainda assim você consegue se sentir seguro para tirar uma foto com o celular, aqui em Brasília você tira a foto e já corre para não correr riscos.


Além dos lugares citados lá em cima, nós ainda fizemos alguns passeios, na correria, mas que valeu muito a pena. Andamos muito mesmo. E ainda choveu, aliás, caiu uma super garoa, já quem nem chuva não era.

Como nós não tínhamos um roteiro planejado, só saímos andando sem destino, passamos em vários lugares que não me recordo o nome.

Uma coisa que eu achei bem legal é que tem muita loja do Starbucks. Eu imaginava que existia umas duas e pronto. Mas não, onde você vai, tem uma, inclusive no aeroporto de Congonhas. Comentei com minha mãe que me senti "na cidade grande" (risos).

Passamos pela Avenida Paulista e lá entramos em vários shoppings, que não lembro o nome de nenhum. Só fiquei triste por ter passado à noite, pretendo voltar para conhecer mais lugares e de preferência durante o dia.

Conheci a Miniso, que por sinal é incrível e os valores são ótimos. Comprei algumas coisinhas por lá, é irresistível.

Adorei conhecer São Paulo e estou planejando minha volta. Na próxima vez irei com tempo e com um roteiro pronto para não deixar nada passar. Devo ser muito caipira, porque aquela cidade me impressionou.

Decidi separar o post em duas partes, senão ficaria imenso, então aguardem que já já tem a segunda parte.

quarta-feira, dezembro 26, 2018

MINHA PRIMEIRA CCXP

Esse ano estou conseguindo realizar vários sonhos antigos e que eu pensava que nunca conseguiria alcançar. Um desses grandes desejos era participar de uma Comic Con, que já acontece no Brasil há cinco anos.

A CCXP aconteceu do dia 6 a 9 de dezembro e eu fui nos dois últimos dias. Foi um final de semana cheio de coisas, porque além da comic con, eu aproveitei para conhecer alguns pontos de São Paulo, visto que eu nunca havia estado por lá. Em outro post eu conto sobre o mini rolê que fizemos.

O primeiro dia da CCXP foi emocionante e, preciso registrar aqui: cuidado com a burra. Tivemos a maior dificuldade para chegar ao SP Expo por causa do trânsito e também porque as pernas já estava mortinhas de tanto andar no dia anterior, e chegando lá, adivinhem? Euzinha levei a credencial do domingo dia 9. Rodrigo levou mais ou menos uma hora para voltar ao hotel e pegar as credenciais certas. Às vezes minha lerdeza me impressiona.

Depois de todo o transtorno que causei, finalmente seguimos para dentro. Preciso confessar que a caminhada até lá dentro do SP Expo me cansou mais do que o passeio do dia anterior, foi imensa e parecia nunca ter fim. Não participei de nenhum painel, infelizmente, já que eu não estava preparada psicologicamente para dormir nas filas. Porém, sigo me preparando para 2019.

Fiquei encantada com os estandes e mais ainda com os cosplays. Fiquei me sentindo a caipira que vai para a cidade grande, já que aqui em Brasília não tem nada relacionado a cultura pop, muito menos cosplay. Foi muito legal.
Como eu nunca tinha ido a um evento assim, acabamos levando apenas algumas batatinhas, garrafinha de água e deixamos para comer lá. A praça de alimentação tinha muitas opções, desde comida a lanches rápidos. Preços, claro, nunca são baixos nesses lugares, mas tudo bem. Já no segundo dia compramos algumas esfirras que nos sustentou muito bem.

As filas para os painéis eram imensas e algumas, como Harry Potter e GOT, davam voltas e mais voltas. Não tive coragem de encarar todas, mas depois de um die inteiro batendo perna, acabei chegando a conclusão de que eu precisava entrar em algum estande.

Foi uma experiência muito boa, mas honestamente, não decidi se vou mesmo no próximo ano. Vou me preparar, mas até o momento não animei muito. O evento é maravilhoso, mas até hoje me sinto cansada, não me recuperei. Vida de idoso é assim mesmo, eu acho. De qualquer forma, se eu decidir ir não vou cometer o mesmo erro de turistar antes, vou guardar energias para as filas.

Você já foi para alguma CCXP? Tem interesse? Conte-me mais nos comentários.

Até a próxima.
Milca Abreu - Blog Sabe o inverno. Design by Berenica Designs.