Posts in the category: Goiás

segunda-feira, março 11, 2019

SALTO CORUMBÁ - GO

E aí, como foram de carnaval? Eu fiquei em casa mesmo e deu para descansar muito. Até demais, eu acho. Agora que passou, dizem por aí que o ano começou oficialmente. Para mim já começou faz tempo, mas parece que realmente tem um clima diferente no pós-carnaval.

Hoje vou compartilhar com vocês um passeio que fiz no início do ano, ainda durante as férias. O Salto Corumbá fica aqui pertinho, no Goiás, e é lindo. Particularmente eu adoro o cerrado e amo cachoeiras. 

Sempre ouvi falar sobre e a vontade de ir era enorme. Finalmente conseguimos um tempinho e fomos. Eu costumo dizer que a Lei de Murphy comigo é infalível, talvez isso até atraia más energias, mas é a verdade. Justo no dia em que decidimos sair de casa, viajar por quase duas horas e aproveitar uma cachoeira, choveu. Choveu e fez frio.

Eu sabia que lá era um lugar com cachoeiras, mas não me atentei ao fato de que são várias trilhas para chegar até elas. Fui de chinelo e olha, não façam isso. Aguentei firme, mas de tênis teria sido bem melhor.

Agora vamos ao passeio. O Salto Corumbá, como eu disse, fica aqui pertinho, mais precisamente a 120km de Brasília e possui cachoeiras lindíssimas. A maior delas, a Cachoeira do Salto, possui "50 metros de queda d’água, que formam a principal cachoeira que temos em nosso parque: a Cachoeira do Salto. Toda a sua exuberância, formada pelo Rio Corumbá, oferece aos visitantes a possibilidade de se refrescarem e reenergizarem, sentindo e contemplando aquilo que de mais belo o nosso Cerrado e a Natureza em si têm para oferecer.


Não canso de dizer o quanto amo mirantes. Para chegar até lá você precisa fazer uma trilha, ela fica no caminho para as cachoeiras. A vista é linda e não liguem para a minha cara de sono/cansada/acabada, sempre que tiver post que contenham piscina/cachoeira, minha cara será essa. Além disso, eu não estava preparada para andar tanto (sedentária).


Uma coisa importante de citar é que lá tem restaurante com uma comida incrível e com preço bom. É self service, no peso, R$35 se não me engano. E também têm várias outras atividades para fazer por lá, tirolesa, por exemplo e tem muita atividade para crianças. Se você curte toboágua lá também tem. É possível se hospedar em pousadas ou no camping. Talvez eu faça um dos dois futuramente. 

Apesar de amar a praticidade de fotografar com celular, ultimamente estou bem chateada com a qualidade das fotos. Prometo que vou pegar o costume de levar a câmera para os lugares que eu for. Algumas fotos daqui foram tiradas com câmera, outras com celular.

Fica aqui a minha dica de passeio para quem mora aqui nas redondezas. Pretendo voltar lá em breve e irei preparada.

Ah, pagamos R$50 cada para entrar. Mais informações você pode acessar o site do Salto Corumbá.

Espero que tenham curtido.

terça-feira, dezembro 22, 2015

NÁUTICO PRAIA CLUBE E CLUBE DO SESC, CALDAS NOVAS-GO

Já quero voltar para Caldas. Foram quatro dias maravilhosos e que tenho planos de repetir o mais breve possível, mas talvez não em Caldas de novo. Hoje venho mostrar os clubes por onde passamos. Fora o parque aquático do próprio hotel, nós fomos ao Náutico e ao Sesc que são referências. 

Essas primeiras fotos são do Náutico e lá é gigante, porém a maior atração, a piscina de ondas, estava em manutenção. Lembro da primeira vez que fui la, a movimentação da água é tão forte que quase fiquei sem roupa e ri horrores, mas dessa vez não pudemos aproveitar. 

Na verdade apenas as piscinas estavam funcionando, digo isso porque lá tem tirolesa, boia maluca, acesso à barragem e muitas outras atividades, talvez por ser meio de semana, estava tudo fechado. Mas ainda assim foi divertido e nós fomos lá dois dias.
As fotos abaixo foram tiradas no clube do Sesc e lá, apesar de não ter muita coisa diferente, foi bem relaxante. Uma das piscinas estava tão quente que era impossível entrar, sem falar que também tinha duas piscinas sem funcionar. 

O mais legal do Sesc é que você tem tudo lá mesmo: almoço, sala de jogos, lanches... não precisa sair do clube nem levar nada, é só comprar. Nesse dia estava bastante nublado e até choveu, o que foi uma maravilha. Acho que já citei aqui que Caldas Novas é muito melhor com chuva. 

Lá é bastante família, então tem muita criança, vozinhas e vozinhos. Tudo muito tranquilo, além de que tem um professor para fazer atividades dentro da piscina mesmo.

Um pouco do clube do hotel. Estava bem vazio e só conseguimos essas fotos com a ajuda do tripé. Foi bem engraçado. Ignorem minhas caras de psicopata e os dedinhos de paz e amor o tempo todo.

Há tempos eu estava precisando de paz e tranquilidade e enchi meu estoque para mais alguns meses. Estou torcendo para que a próxima viagem, mesmo que por aqui, chegue logo, porque não existe nada melhor.

Acompanhe o blog nas redes sociais

 Instagram || Facebook || Flickr || Bloglovin  || Snapchat: milcaabreu  

sexta-feira, dezembro 18, 2015

MAIS UM POUCO DE CALDAS NOVAS-GO

O combinado era sair às 6h para dar tempo de parar no caminho e tirar algumas fotos, o que não aconteceu, pois como eu disse no outro post, quase 300km de estrada sem acostamento. Saímos às 6h40 da manhã, já que na hora de sair tinha um pneu vazio que não queria ser trocado de jeito nenhum. Passamos em uma borracharia no caminho e e foi preciso troca o pneu porque ele estava rasgado. 

Depois da troca, partimos a caminho da cidade de águas quentes. Logo que chegamos a Caldas Novas, fomos direto para o hotel deixar as coisas para depois almoçar. Fomos surpreendidos com tamanha beleza, ótimo atendimento e pessoas extremamente educadas. O hotel que ficamos foi o Le Jardin (leia-se jardan). Pelas fotos é possível ver que não estou exagerando quanto à beleza. Três piscinas, um ofurô e uma sauna que nem tive coragem de entrar por causa da claustrofobia. 

Depois de conhecer o hotel, organizar as coisas e almoçar, ficamos um pouco na piscina quentinha. Apesar de detestar piscina, roupas de banho e tudo isso, Caldas Novas é um lugar em que não existe ódio, só amor no coração. Fomos dar uma volta na cidade, que apesar de pequena é uma delícia de andar. A decoração de Natal lá está linda demais.

Enquanto estávamos passeando pela cidade, eu não quis levar a câmera, porque seria completamente inviável andar com aquele trem gigante no pescoço. O celular é bem mais prático nessas horas e deixo a dica para você que vai viajar: evite levar uma reflex, procure algo mais compacto e capriche na composição das suas fotos. Realmente não compensa gastar tempo regulando o modo manual da câmera, muito menos decidindo qual objetiva você deve levar. Existem viagens e viagens. Nessa eu preferi o celular, mas na próxima, quem sabe eu escolha a outra?

Adoro esse Goiazão. O bom de morar aqui no quadrado é que você tem ótimos destinos BBBs. Além de que viajar de carro é muito gostoso. Ano passado quando fomos para Pirenópolis foi a mesma coisa de tão maravilhosos, a diferença é que para Caldas, ficamos mais tempo dentro do carro. Estou pegando gosto nisso e já penso no próximo destino.

terça-feira, dezembro 15, 2015

A CAMINHO DE CALDAS NOVAS-GO

Para mim, a parte mais legal de viajar de carro é poder apreciar as paisagens. Já citei várias vezes aqui que o meu tipo de fotografia preferida é de paisagens e por mais que eu ainda não domine certas técnicas, ainda assim eu vou lá e faço. Semana passada eu e meu noivo fomos para Caldas Novas

É uma cidade do Goiás e um dos destinos mais procurados pelos brasilienses para descansar. Caldas Novas é conhecida por suas águas termais que vou te falar, você entra naquela água quentinha e não quer sair nunca mais. 

É muito relaxante. A última vez que fomos lá, faz muito tempo e eu tenho só algumas fotos tiradas no hotel. Dessa vez aproveitei para fazer uns cliques a mais. A cidade fica há mais ou menos três horas e meia daqui e, pasmem, não tem um acostamento em todos o caminho.
Agora vocês imaginem a minha raiva. Quando entrei no carro, a primeira coisa que fiz foi colocar a câmera no colo para ficar pronta pra primeira parada. QUEM DISSE QUE TEVE PRIMEIRA PARADA? Como é que pode quase 300km de pista sem acostamento? A pessoa que fez isso deveria ser processada. 

Gente, as paisagens do Goiás são lindas e eu tive que me contentar com uns cliques de dentro do carro em movimento. Claro, teve vários postos de combustível, MAS QUEM DISSE QUE TINHA UMA PAISAGEM LEGAL NA FRENTE DELES? Sério. Já coloquei o nome de todos os envolvidos na boca do sapo. Mesmo assim, consegui umas fotos legais.
Essa última foto eu tirei logo quando chegamos no hotel. ERA O PARAÍSO. Que lugar!!! Consegui me divertir bastante e distrair um pouco a cabeça dos estudos, porque eu já estava pirando de tanto estudar Direito Constitucional, Direito Administrativo, Direito Previdenciário, Direito Financeiro, Direito de Ficar Calada, Direito de Star Morta... enfim. Foi lindo. Ainda tenho muitas fotos tiradas com o celular, mas que vão ficar para outro post que pretendo laçar ao ar amanhã.

Acompanhe o blog nas redes sociais
 Instagram || Facebook || Flickr || Bloglovin  || Snapchat: milcaabreu  
Milca Abreu - Blog Sabe o inverno. Design by Berenica Designs.