Posts in the category: Gayle Forman

quinta-feira, janeiro 08, 2015

Para onde ela foi - Gayle Forman

Se você não leu Se Eu Ficar, não recomendo a leitura das próximas linhas, pois pode conter spoiler.

Desde o final do livro Se Eu Ficar, passaram-se três anos e Mia e o Adam estão separados. Pois é, muita coisa aconteceu e apesar de toda a fama, Adam continua ligado, sentimentalmente, à Mia. O livro dessa vez é narrado pelo Adam, e assim como no primeiro, ele se divide em coisas atuais e flashbacks sobre como foi sua vida durante os três anos em que ficou longe da Mia.

A Shooting Star alcançou uma fama imensa e está no topo do iTunes, e isso afetou diretamente o relacionamento dele com os outros integrantes da banda e com a mídia. Ele está morando com sua nova namorada e vem uma turnê com a banda. Mia é uma violoncelista muito admirada pelo público e também está entrando em uma turnê. O relacionamento dos dois é abafado e quando questionado, dizem que foi apenas um namoro de colégio.

Fiquei muito apreensiva com no início, porque eu nunca sabia o que viria pela frente e estava louca para saber detalhes de como a Mia se recuperou; eu tinha certeza que eles estariam juntos durante a recuperação dela, mas foi bem diferente do que eu esperava e sabe do que mais? Foi bem melhor!

Eu odiei o Adam no primeiro livro e odiei a Mia agora, mas no final você acaba entendendo por quê ela deixou seu lindo namorado. Nunca imaginei que um dia ele deixasse, de certa forma, tudo para lá e ficasse naquela depressão toda por causa dela. Fiquei com dó dele. Sim, senti vontade de gritar, tadinho! Mas a verdade é que a Mia perdeu muita coisa e não seria o Adam a preencher esse vazio, ninguém é metade de ninguém, você não tem que se sentir completo apenas por estar com alguém e acho que foi isso que Gayle Forman quis dizer.

Foi uma loucura a forma como Se Eu Ficar terminou, eu precisei começar Para Onde Ela Foi no mesmo instante para não pirar de vez. O Adam realmente sentiu cada momento depois que foi deixado por ela e isso o tornou um astro do rock totalmente excêntrico, mas ele parece mais real do que outros personagens que já vi. É um cara que lutou para chegar onde chegou e acho que todo o sofrimento por que passou durante três anos e a falta de notícias sobre a Mia, compensou quando finalmente eles se resolvem.
É uma leitura bem tranquila, vale a pena!


Acompanhe-me nas redes sociais
Instagram | Flickr | Twitter | We Heart It | Tumblr | Skoob

sexta-feira, dezembro 26, 2014

Se eu ficar - Gayle Forman

Eu já falei sobre o filme nesse post e hoje vou falar sobre o livro que, claro, é muito melhor que o filme. Não tenha dúvidas de que ambos são ótimos, mas detalhes sempre tornam a coisa toda diferente. Como eu já resumi o filme, talvez seja meio desnecessário fazer isso novamente, porque são algumas coisas que diferem do livro, nada que mude a real história, então para ler o resumo é só clicar aqui.

Eu achei um livro encantador, com uma história de amor bem bonita e diferente dos romances que tanto vemos. A Mia é uma pessoa extremamente doce, mas se sente bem diferente em relação às outras meninas da sua idade e até mesmo entre sua família, ela mesma fala em determinado momento que se sente um et. Confesso que me senti meio Mia por um momento, apesar de tudo é meio estranho gostar de clássicos em um mundo em que jovens e adolescentes adoram rock e pop, então digamos que eu entendo como ela se sente (risos).

Ela não se sente muito confortável nos shows da banda do Adam e, acredito que a maioria das pessoas achou isso meio frescura, mas imagina você estar no meio de uma coisa que não chega nem próximo do que você gosta e ainda assim você está lá por algum motivo. Eu achei a trama toda muito legal, mas gostaria muito que houvessem menos atritos entre Adam e Mia, eles são tão lindos juntos e não deveriam ser assim tão chatos um com o outro. Ta, tudo isso precisa acontecer para a história rolar, mas ainda assim me envolvo demais 😭.

Outra coisa que precisa ser citada é a questão Julliard. Eu sempre pensei que nenhum dos dois lados deve interferir na carreira do outro, por que acho uma bobeira, então quando o Adam ficou meio chateado pelo teste da Mia eu só consegui pensar SEU IDIOTA, E O SUCESSO DA SUA BANDA? Mas depois passou porque eu vi que ele não faria ela escolher. Ah, toda a história é narrada pela Mia, que no momento está em coma, vendo tudo ao seu redor e relembrando sua vida.

De verdade, adorei esse livro e apesar de já tê-lo lido há um bom tempo ainda precisava falar sobre ele aqui e aguardem porque ainda tem continuação. 
Milca Abreu - Blog Sabe o inverno. Design by Berenica Designs.