Posts in the category: FOTOGRAFANDO COM O CELULAR

quinta-feira, março 10, 2016

EXPOSIÇÃO | COMCIÊNCIA - PATRÍCIA PICCININI

Está tendo uma exposição no CCBB aqui de Brasília que vale super a pena visitar. Se chama ComCiência e traz a obra da artista Patrícia Piccinini. Segue uma breve explicação sobre a obra:
ComCiência – Patricia Piccinini Para trazer a questão das mutações genéticas para o território da arte, a artista australiana Patricia Piccinini se utiliza do realismo como linguagem, apresentando ao espectador um universo de criaturas desconhecidas, porém palpáveis e surpreendentemente afetuosas. ComCiência, um neologismo que carrega sentido duplo, conectando consciente e ciência, propõe ao público um percurso narrativo entre esculturas, desenhos, fotografias e vídeos.
As esculturas são resultado de pesquisas sobre biotecnologia e engenharia genética, e são tão surreais e atraentes ao mesmo tempo. Eu gostei de conhecer a ideia de cada uma das obras. Embora eu não me recorde de todas as descrições, acredito que uma - que mais me chamou a atenção - citava uma frase do alemão Johann Wolfgang Goethe, que diz que "beleza é um convidado bem-vindo em qualquer lugar". Questiona a percepção e a construção do que realmente é considerado belo.

Além disso, esses cabelos que vocês podem ver nas fotos são cabelos humanos e simboliza a força física, a virilidade e a sedução, ideia também transmitida em suas obras. As criaturas são realmente estranhas, mas parece que a artista veio para questionar tudo aquilo que achamos correto. Uma criança, por exemplo, não tem a mesma percepção de beleza que um adulto teria. Por isso em uma de suas esculturas (foto mais abaixo) apresenta uma criança, um ser com total inocência dormindo ao lado de algo que, para nós, adultos, é nada mais que um monstro.
Se você é da capital ou está de passagem, sugiro a visita que poderá ser feita até o dia 04/01. Pelo que li no site do CCBB, agora é necessário agendar. Acredito que a procura foi enorme, tanto é que quando fui estava lotado. E uma última observação: eu sonhei com esse garotinho me olhando. Sem contar na loucura que é imaginar uma criança no topo dessas cadeiras podendo cair a qualquer momento.

Acompanhe o blog nas redes sociais
 Instagram || Facebook || Flickr || Bloglovin  || Snapchat: milcaabreu 

terça-feira, dezembro 22, 2015

NÁUTICO PRAIA CLUBE E CLUBE DO SESC, CALDAS NOVAS-GO

Já quero voltar para Caldas. Foram quatro dias maravilhosos e que tenho planos de repetir o mais breve possível, mas talvez não em Caldas de novo. Hoje venho mostrar os clubes por onde passamos. Fora o parque aquático do próprio hotel, nós fomos ao Náutico e ao Sesc que são referências. 

Essas primeiras fotos são do Náutico e lá é gigante, porém a maior atração, a piscina de ondas, estava em manutenção. Lembro da primeira vez que fui la, a movimentação da água é tão forte que quase fiquei sem roupa e ri horrores, mas dessa vez não pudemos aproveitar. 

Na verdade apenas as piscinas estavam funcionando, digo isso porque lá tem tirolesa, boia maluca, acesso à barragem e muitas outras atividades, talvez por ser meio de semana, estava tudo fechado. Mas ainda assim foi divertido e nós fomos lá dois dias.
As fotos abaixo foram tiradas no clube do Sesc e lá, apesar de não ter muita coisa diferente, foi bem relaxante. Uma das piscinas estava tão quente que era impossível entrar, sem falar que também tinha duas piscinas sem funcionar. 

O mais legal do Sesc é que você tem tudo lá mesmo: almoço, sala de jogos, lanches... não precisa sair do clube nem levar nada, é só comprar. Nesse dia estava bastante nublado e até choveu, o que foi uma maravilha. Acho que já citei aqui que Caldas Novas é muito melhor com chuva. 

Lá é bastante família, então tem muita criança, vozinhas e vozinhos. Tudo muito tranquilo, além de que tem um professor para fazer atividades dentro da piscina mesmo.

Um pouco do clube do hotel. Estava bem vazio e só conseguimos essas fotos com a ajuda do tripé. Foi bem engraçado. Ignorem minhas caras de psicopata e os dedinhos de paz e amor o tempo todo.

Há tempos eu estava precisando de paz e tranquilidade e enchi meu estoque para mais alguns meses. Estou torcendo para que a próxima viagem, mesmo que por aqui, chegue logo, porque não existe nada melhor.

Acompanhe o blog nas redes sociais

 Instagram || Facebook || Flickr || Bloglovin  || Snapchat: milcaabreu  

sexta-feira, dezembro 18, 2015

MAIS UM POUCO DE CALDAS NOVAS-GO

O combinado era sair às 6h para dar tempo de parar no caminho e tirar algumas fotos, o que não aconteceu, pois como eu disse no outro post, quase 300km de estrada sem acostamento. Saímos às 6h40 da manhã, já que na hora de sair tinha um pneu vazio que não queria ser trocado de jeito nenhum. Passamos em uma borracharia no caminho e e foi preciso troca o pneu porque ele estava rasgado. 

Depois da troca, partimos a caminho da cidade de águas quentes. Logo que chegamos a Caldas Novas, fomos direto para o hotel deixar as coisas para depois almoçar. Fomos surpreendidos com tamanha beleza, ótimo atendimento e pessoas extremamente educadas. O hotel que ficamos foi o Le Jardin (leia-se jardan). Pelas fotos é possível ver que não estou exagerando quanto à beleza. Três piscinas, um ofurô e uma sauna que nem tive coragem de entrar por causa da claustrofobia. 

Depois de conhecer o hotel, organizar as coisas e almoçar, ficamos um pouco na piscina quentinha. Apesar de detestar piscina, roupas de banho e tudo isso, Caldas Novas é um lugar em que não existe ódio, só amor no coração. Fomos dar uma volta na cidade, que apesar de pequena é uma delícia de andar. A decoração de Natal lá está linda demais.

Enquanto estávamos passeando pela cidade, eu não quis levar a câmera, porque seria completamente inviável andar com aquele trem gigante no pescoço. O celular é bem mais prático nessas horas e deixo a dica para você que vai viajar: evite levar uma reflex, procure algo mais compacto e capriche na composição das suas fotos. Realmente não compensa gastar tempo regulando o modo manual da câmera, muito menos decidindo qual objetiva você deve levar. Existem viagens e viagens. Nessa eu preferi o celular, mas na próxima, quem sabe eu escolha a outra?

Adoro esse Goiazão. O bom de morar aqui no quadrado é que você tem ótimos destinos BBBs. Além de que viajar de carro é muito gostoso. Ano passado quando fomos para Pirenópolis foi a mesma coisa de tão maravilhosos, a diferença é que para Caldas, ficamos mais tempo dentro do carro. Estou pegando gosto nisso e já penso no próximo destino.

segunda-feira, outubro 19, 2015

BABY CATS

Há um mês, a Chicorita teve filhotes de novo. Essa já é a quarta vez e, por mais fofos que sejam os gatinhos, não acho legal. Alguns dias depois, dia 7 de outubro, a Michone teve também, primeira vez. Estamos com onze bebês no total, mas como nem tudo é perfeito tivemos alguns problemas no meio do caminho.
Não sabemos por qual motivo, a Michone teve uma infecção e acabou passando quatro dias internada. A única coisa boa é que fomos obrigados a castrá-la, mas acho que nunca senti tanta peninha de um gato como estou sentindo dela. Ela saiu na quarta-feira e já está muito bem. Acontece que como são onze gatinhos e duas mãezonas, os bebês revezam as tetinhas e, também não sabemos por qual motivo, a Michone está com duas feridas muito feias bem próximo das tetinhas. Resultado: ela quer ficar com os bebês, mas está sofrendo muito, porque com certeza a dor é muito grande. A mãe do Rodrigo está providenciando pomadas e tudo, mas até cicatrizar acho que vai demorar. Ela fica sempre ali por perto deles, mas não deixa eles mamando por muito tempo.
Fora todos esses perrengues, estamos todos muito apaixonados pelos gatinhos. É muito triste saber que não  podemos ficar com tudo e até já pensei em fazer campanha para arrecadar fundos e castrar todo mundo, mas "popular" do jeito que sou, não vai dar certo e mesmo assim, são ONZE gatos. Os bebês são muito fofinhos e cada dia tem uma novidade. Os mais velhos já andam pela casa toda se deixar, e escalam nossa perna.
Como a Michone ficou internada foi preciso dar leite na seringa para complementar a alimentação, já que a Chicorita não conseguiria manter todo mundo. Agora, mesmo com as duas mamães lá, ainda damos na seringa. Ontem eu tentei deixar eles tomarem o leite em um pratinho, mas não deu certo, já que eles ainda não fazem ideia do que aquele prato representa. Entraram no prato, enfiaram a cara no leite, se engasgaram... enfim, não deu ainda. É uma fofura! Para ter certeza disso, basta olhar cada foto desse post.

Acompanhe o blog nas redes sociais

Milca Abreu - Blog Sabe o inverno. Design by Berenica Designs.