Posts in the category: Documentários

segunda-feira, outubro 30, 2017

SÉRIE | THE CONFESSION TAPES

Estou sempre procurando um documentário novo, já que eles sempre me ensinam algo novo. Depois que a Netflix entrou na minha vida, o acesso a esse tipo de material ficou muito mais acessível. Além disso, série documental é algo que eu passei a gostar muito, até já falei aqui sobre o quanto gostei de Making a Murderer, inclusive tenho uma lista de várias outras para indicar para vocês. Mas hoje quero falar sobre The Confession Tapes.

São seis casos reais de pessoa acusadas e condenadas por homicídio. Tudo normal até então, mas essas pessoas confessaram, forçadamente, crimes que não cometeram e uma confissão faz total diferença no momento de uma investigação criminal. O que aprendi vendo séries, filmes e documentários é que se o investigador tem certeza de que uma pessoa é culpada, ele vai até o final até que surja uma nova prova.

Nesses casos, eles oferecem um acordo ou uma pena para o resto da vida. Se a pessoa, mesmo inocente confessar um crime, ela pode ficar menos tempo na cadeia. Se negar e não encontrarem nada consistente que comprove a inocência, a pessoa pega prisão perpétua e, dependendo do estado, pena de morte. O que você iria preferir, visto que sua palavra não vale absolutamente nada?

Os casos apresentados na série The Confession Tapes como eu disse, são casos verídicos e aconteceram em lugares e épocas diferentes. A semelhança entre eles é que foram confrontadas por autoridades que os fizeram duvidar da própria sanidade e do próprio caráter. Esses não são os únicos casos, ou casos isolados. Se você der um Google vai ver a quantidade de pessoas que estão hoje atrás das grades por crimes que não cometeram.

Além de tratar desse tipo de injustiça, a série levanta duas questões importantes e polêmicas, principalmente nos Estados Unidos: o racismo e a precariedade do sistema carcerário. Confesso que não sou do tipo de pessoa que levanta bandeira em nome dos direitos dos presos e acho péssimo que criminosos tenham mais privilégios do que "pessoas de bem". Mas os órgão responsáveis precisam ver que existe muita coisa errada lá dentro.

Sobre o racismo, sem dúvida negros são maioria nas prisões, é o que a própria série afirma, além de outros dados fáceis de serem encontrados. Negros e inocentes então, tem demais. Aqui no Brasil não é diferente. Bandido desfrutando do que há de melhor na vida, enquanto existem milhares de pessoas esperando anos para serem julgadas. O dinheiro comprando espaço nas cadeias, rebeliões tirando vidas dos mais fracos, adolescentes que saem pior do que quando entraram. Enfim, é uma série de coisas erradas que vemos no mundo inteiro.

Tenho certeza de que você, principalmente se se importa com direitos humanos, vai se emocionar ao ver situações lamentáveis em que nada pode ser feito a não ser esperar.

Até mais.
Milca Abreu - Blog Sabe o inverno. Design by Berenica Designs.