Posts in the category: 52 weeks

sexta-feira, junho 10, 2016

11/52: ME DEIXA DE MAU HUMOR

Eu me considero uma pessoa muito amigável e bem humorada. MAS nem sempre. Já tive épocas melhores e admito que ultimamente meu humor tem variado muito, aliás, ultimamente não. Nos últimos anos e eu juro que nem percebo, entretanto é inevitável minha mudança de extremamente feliz para extremamente chateada ao longo das minhas 24 horas. Algumas coisas colaboram bastante para isso, eis algumas delas:

-Dias quentes
-Não poder comer uma caixa de bombom toda sozinha
-Palpites não solicitados
-Me chamarem várias vezes ao dia, isso me irrita tanto que chega uma hora em que odeio meu nome
-Retirarem minhas coisas do lugar onde deixei e isso é tão grave que, se eu estiver com um copo e deixar ele lá, DEIXE ELE LÁ
-Conversar logo quando acordo
-Celular vibrando enlouquecidamente sem parar
-Ter que falar ao telefone

MEU DEUS, preciso fazer terapia. É muita irritação para uma pessoa só e olha que tento manter o autocontrole, porque viver em sociedade é uma tarefa árdua, porém necessária. Olha, eu juro juradinho que sou uma pessoa legal e que sabe lidar muito bem com pessoas, só que o blog é um cantinho onde você pode conhecer um pouquinho mais sobre coisas que, normalmente, eu não falaria em voz alta.

sexta-feira, junho 03, 2016

10/52: TENHO MEDO

Como é difícil falar sobre nossos medos. Muitas vezes pode parecer fraqueza falar sobre eles e, olha, tenho medo disso. Mas ao mesmo tempo acredito que eles sejam necessários, senão não teríamos desafios e nossa vida se tornaria estranhamente monótona. Vou citar algumas coisas que simplesmente me deixam apavorada, mas que fique entre nós, por favor!

Tenho muito medo de:

-Insetos em geral e odeio baratas;
-Ligar coisas na tomada, porque sempre penso que vou levar um choque;
-De ficar louca e não conseguir lidar com os problemas da minha vida;
-De pegar o ônibus errado e não ter dinheiro para voltar para casa;
-Notícias trágicas envolvendo pessoas próximas e mesmo que eu tente ser sempre positiva, não há um dia sequer que eu não pense que posso receber uma péssima notícia sobre qualquer coisa na vida;
-De que meus sobrinhos pensem que sou uma tia velha, chata e louca, mas ainda assim, não deixo que eles façam o que querem da vida e brigo mesmo, porque sou dessas.

E são milhares de coisas que me tiram o sono, mas que não compensa colocar aqui, porque talvez sejam neuras de uma pessoa ansiosa e preocupada demais com o futuro. E vocês? Algum medo em comum?

domingo, maio 08, 2016

8/52: O PIOR DO MUNDO VIRTUAL

Eu amo a internet. Sei que você também ama, mas convenhamos, algumas coisas que acontecem nela e por causa dela, às vezes dão vontade de desistir de ter acesso. Eu realmente não vivo e não consigo imaginar minha vida sem internet com com internet limitada e hoje eu vou citar algumas coisas que são péssimas nesse mundo. Aproveitando o momento, quero dizer que no final de semana aconteceu a coisa mais chata do mundo para quem cria conteúdo na net: plágio. Não comigo, mas a blogueira era alguém que eu acompanhava e muita gente conhecida teve conteúdo plagiado. Amiguinhos, não façam isso. É feio. Sério! A copiona pediu desculpas depois de muito tumulto, mas só para quem ela roubou o conteúdo, nada de falar alguma coisinha para as os leitores. Disse que vai criar outro blog do zero, como se resolvesse e desativou o antigo. Mas vamos lá, além do plágio, também acho horrível:

-Comentários em sites de notícias e publicações polêmicas nas redes sociais. Parei de ver, porque você passa a odiar o ser humano e percebe o quanto ele é monstruoso e cruel;
-Haters;
-Discussões bobas sobre assuntos banais;
-Conteúdo compartilhado sem os devidos créditos, como se não houvesse dono;
-Pessoas que se consideram superiores demais para ajudar quem sabe menos;
-Anonimato.

É melhor não postar nada por um ano do que postar todo dia um conteúdo copiado e dizer que é sua criação. Sejamos melhores do que isso!

Boa semana!

sexta-feira, abril 29, 2016

7/52: MINHAS COMIDAS PREFERIDAS

Mais uma foto para o desafio das 52 semanas e hoje vou falar sobre a coisa que mais amo nessa vida: comida. Quem não gosta né? Acho que só uma certa blogueira fitness por aí, mas fora ela, tenho certeza que um dia perfeito é o dia que tem pizza e filmes. Eu sou um pouco chata em relação à comida, mas no geral como de tudo. Sou daquelas que detesta arroz e feijão - como por obrigação mesmo - e adora um bom cachorro quente da esquina. Fazendo uma mini lista de coisas que eu amo comer, poderia citar:

• Batata frita, não aquelas tipo Ruffles;
• Miojo, lidem com isso;
• Frutos do mar;
• Feijão tropeiro;
• Galinhada da minha mãe.

Vejam que tratamos apenas de comidas. Se eu tivesse que incluir bebidas, o café seria rei, logo em seguida, chás, suco de laranja e de frutas estranhas do tipo graviola e cajá e não sei em que categoria entra o açaí, mas eu passaria a vida inteira consumindo essa coisa roxa dos deuses.
Milca Abreu - Blog Sabe o inverno. Design by Berenica Designs.