sexta-feira, março 27, 2020

A morte visita Lisboa - Fernando Perdigão

Sinopse: UM ASSASSINATO ABALA LISBOA. A vítima é uma imigrante brasileira e o detetive Andrade, de Copacabana, é chamado a colaborar na investigação. O policial de cor- panzil desconjuntado, temperamento irascível e retórica politicamente incorreta passa a protagonizar uma pregui- çosa, porém implacável, caçada aos criminosos. Destilando ironias, destratando colegas e pressionando testemunhas, Andrade devassa a comunidade de brasileiros expatriados, expondo segredos e vícios inconfessáveis. No caminho, acumula desafetos que, a contragosto, terão de se render ao seu “método” de tratar testemunhas como suspeitos e suspeitos como culpados. Um livro que mergulha em humor corrosivo o romance policial clássico, e toma partido disso para expor o preconceito e a intolerância na sociedade atual.

★★★★★/5

Recebi A morte visita Lisboa da Oasys Cultural, parceira aqui do blog e já era para ter saído a resenha há tempos, porém como eu disse nesse post, eu estou meio perdida em relação ao destino deste espaço lindo.

Bom, eu criei outro blog, porém aqui ainda terá várias atualizações, pois tenho algumas pendências com parceiros e compartilhar com vocês sobre essa leitura é uma dessas pendências e olha, que livro é esse?

A morte visita Lisboa é um livro um tanto interessante. Trata-se de um livro policial, porém com um detetive bem nem aí para o que está acontecendo. Preciso dizer que, como leitora assídua de livros policiais, A morte visita Lisboa me deixou impressionada pelo formato da história.

É daqueles livros que você chega ao final com uma sensação indescritível. Você só sabe que acabou de passar por uma história incrível com um personagem detestável, mas que você não consegue pensar em alguém diferente.

E amei o desenrolar da história e lá na capa de trás tem uma fala que define totalmente meu sentimento pelo Andrade: existem personagens que amamos odiar. É basicamente isso. Eu queria ser amiga dele. Andrade é um cara mau humorado igual a mim. A diferença é que eu não costumo destratar as pessoas, mas falou em ser irônica, aqui estou.

A questão maior que vejo em A morte visita Lisboa é que o Andrade é o retrato perfeito de grande parte da nossa sociedade. As intolerâncias que vemos no decorrer das nossas vidas é algo que já se tornou comum para quem pratica e para quem não liga para nada além de si mesmo.

É uma leitura bem tranquila, gostosa e que você com certeza vai amar. Os personagens secundários são muito divertidos e interessantes. Como eu disse, por ser um livro polcial você espera que tudo seja bem sério, mas aqui temos um tom de humor em cada página.
"-Hã? Ah, suas ex-empregadas. Como a senhora deve saber está havendo uma epidemia de mortes e o epicentro é o prédio construído por seu marido. A não ser que Dandra tenha um cemitério vudu no cubículo dela para enterrar a concorrência a polícia tem que considerar o óbvio."
Deixo aqui a minha recomendação e espero que vocês gostem e aproveitem a leitura assim como eu aproveitei.

Título: A morte visita Lisboa
Autor: Fernando Perdigão
Páginas: 296
Ano: 2019
Editora: Ímã
I.S.B.N: 9788554946142

Siga no Skoob.

15 comentários

  1. Amo livros de romance policial e esse parece ser um que vou gostar muito! É um apena que esse blog esteja com os dias contados... =/ Mas espero que você tenha sucesso no novo projeto. =)
    Bjks!

    Mundinho da Hanna
    Pinterest | Instagram | Skoob

    ResponderExcluir
  2. já gostei na parte doo ''um detetive nem ai'' gente deve ser hilário ler um suspense com um detetive assim kkk, fiquei instigada e acho que leria muito. adoro essa sensação de ler algo e chegar no final me senti realizada com a leitura.

    ResponderExcluir
  3. Eu sou bem doida por thriller. Falou em história policial, meu olho grande já cresce. hahahaha
    Achei interessante e inusitada essa história. Porém, nunca havia sequer ouvido falar!
    Sua dica será anotada e seguida com carinho.
    Um abração

    Carol, do Coisas de Mineira

    ResponderExcluir
  4. Eu gosto muito e sou fã do gênero policial! Achei bem diferente esse enredo dos demais livros que eu leio do gênero, por possuir um detetive de Copacabana, cujo qual, é chamado para colaborar na investigação dessa trama. Porque, geralmente, os detetives dos livros policiais que eu leio são estrangeiros. Enfim, gostei muito de conhecer esse enredo da obra e dessa sua super recomendação!

    ResponderExcluir
  5. Ah, outra coisa que eu gostei muito é o ar de humor presente na trama também!

    ResponderExcluir
  6. Adoro personagens sarcásticos, acho que se encaixam muito bem no gênero policial. Fiquei bem interessada nessa história fazendo essa ponte entre os dois países!
    Abraço
    Liv

    ResponderExcluir
  7. Também ando com algumas pendências de resenhas e está complicado colocar em dia, te entendo bem. Acho que já li algo sobre esse livro em algum blog, mas não tenho certeza, de qualquer forma, gostei da proposta, o título é bem atrativo, a capa é diferente e certamente se tiver oportunidade, lerei.

    ResponderExcluir
  8. Não conhecia o livro mas já pela sinopse adorei a premissa, e a sua resenha com certeza me conquistou, vou colocar na minha lista de leitura, enquanto estava lendo o post imaginei o Johnny Deep como Andrade não sei por que kkkkk

    Parabéns pelo seu trabalho!

    Bjs Aruom Fênix

    Blog Leituras de Aruom

    ResponderExcluir
  9. Nossa nem me fale em resenhas atrasadas que me desespero rs. Eu não sou muito de ler esse género, sou muito anciosa e fico super angustiada. Porém percebe-se que é um história bem interessante e seu posta deixa aquela curiosidade no ar.

    ResponderExcluir
  10. Oie, tudo bem? Que edição mais diferente. Essa capa já chama atenção dos leitores. Enredos assim sempre trazem grandes protagonistas. Que leitor não curte um mistério não é mesmo? Esse universo de investigação quando bem desenvolvido sempre nos surpreende. Um abraço, Érika =^.^=

    ResponderExcluir
  11. Oi oi,
    Adoro livros que mesmo seguindo um ritmo de história ou no caso dessa obra, seguindo uma investigação. Tem uma pitada de comédia e um personagem que comsegue nos envolver do início ao fim com sua espontaneidade. Espero futuramente poder ler esse livro, porque fiquei muito entusiasmada em conhecer o personagem e todo o cenário criado pelo autor.

    Beijoss, Enjoy Books

    ResponderExcluir
  12. Pense numa coisa difícil que é encontrar um livro policial que realmente te prenda do inicio ao fim ! Pelo jeito que comentou esse é um forte candidato, obrigado pela indicação!

    ResponderExcluir
  13. Ola... Eu curto livros policiais, e não sei pq mas a atmosfera da obra me lembrou As esganadas, se jo soares. Ele tbm tem umas.tiradas de humor e personagens nao lá mto carismáticos, que abusam de ironia...

    Não tinha visto esse livro ainda. Mas curti a proposta...
    Küss 😘

    ResponderExcluir
  14. Bem interessante o enredo do livro. Gosto quando você aponta a personalidade do detetive como alguém cheio de preconceitos incrustados ao longo da vida. Acho que isso da verossimilhança ao personagem. Boa resenha, obrigada.

    ResponderExcluir
  15. Nossa, que interessante! Confesso que não é exatamente o meu tipo de leitura, porém, fiquei bastante curioso. A sua resenha me deixou com a expectativa de muitas reviravoltas!

    ResponderExcluir

Os comentários agora são moderados para eu conseguir controlar melhor.

Milca Abreu - Blog Sabe o inverno. Design by Berenica Designs.