SÉRIE | AREIA MOVEDIÇA - Sabe o inverno?

quinta-feira, abril 25, 2019

SÉRIE | AREIA MOVEDIÇA

Pensamento do dia: a vida é muito curta para perder tempo assistindo série com vinte temporadas, mas se quiser pode. Com base nisso, corri para ver a série sueca Areia Movediça da Netflix. Ela tem uma temporada e seis sucintos episódios. A série é "baseada no best seller sueco de mesmo nome. A trama segue uma investigação de um massacre que ocorreu em uma escola particular em um luxuoso bairro de Estocolmo. Após a tragédia que devastou o país, uma jovem é acusada pelo crime."

Sem dúvida o assunto abordado é bastante pesado ainda mais depois de vermos acontecer tão próximo de nós. Até pouco tempo só acontecia fora do Brasil. Eu fico bem emocionada e comovida com histórias do tipo ainda mais que sou professora e tia de adolescentes nessa idade. É bem complicado pensar que ao mesmo tempo em que podemos ajudar não podemos fazer nada por eles.

Quanto aos personagens da série, confesso que fiquei esperando algo mais "grave", digamos assim, acontecer com o Sebastian. Tudo bem que ele ra um jovem problemático, mas a meu ver não ao ponto de fazer um massacre em sua escola. Ele tinha tudo para se recuperar. Se tivesse o apoio certo do pai ele tomaria um rumo.

O problema que eu normalmente vejo é que os adolescentes são impulsivos e romantizam o lado errado das coisas. Sebastian tinha um pai abusivo e que deixa claro que é um homem violento. Em dado momento a conversa se volta para a mãe do Sebastian e, não quero acusar, mas eu diria que ela foi assassinada pelo marido.

Geralmente quando ocorre um cado de tiroteio em escolas, é algum problema pessoal do atirador que já vem acontecendo há tempos. No caso de Areia Movediça foi tudo bem rápido. 

Apesar de todas as acusações, não acredito que Maja e Sebastian fossem tão prejudiciais um ao outro. No final eram só dois adolescentes sem limites impostos. O final é surpreendente. Eu não esperava e confesso que fiquei feliz com o desfecho. Não acho que  há margem para segunda temporada, e cada minuto da primeira já vale super a pena.

Espero que curtam a dica. Até a próxima!
>

8 comentários:

  1. Tô muito a fim de ver essa série, já li várias resenhas sobre ela e cada uma me atiça um pouco mais. Parabéns pelo post e obrigada pela dica!

    ResponderExcluir
  2. Acho interessante esse tipo de obra, por mais pesada e cheia de gatilhos que seja, porque ela promove debates e vê que a sociedade inteira está implicada nesses problemas. Muitos adultos acreditam que os jovens são apenas irresponsáveis, inconsequentes e ingratos sendo que existe muito por trás.

    Eu tenho um texto sobre isso (não sobre essa série especificamente, mas sobre o ocorrido em Suzano). Talvez você queira dar uma olhada: O massacre em Suzano foi culpa dos vídeo games?

    ResponderExcluir
  3. Eu adicionei essa série na minha lista, mas ainda não consegui assistir porque Shadowhunters não me deixa assistir outra coisa! 😂❤ Adorei o post, com certeza quando eu terminar de assistir shadowShadowh eu vou assistir Areia Movediça!

    ResponderExcluir
  4. Estou bem viciada em séries , gosto de ler as resenhas antes de começar assistir , vou colocar Areia Movediça na lista.

    ResponderExcluir
  5. Assisti a série e amei demais, senti apenas falta de uma discussão psicológica, entende? A adolescência é um perido de intensas transformações e uma árdua busca pela identidade o que deixa tudo muito conturbado, aqueles que não têm em quem se apoiar sofrem grandes chances de se renderem a momentos de descontrole como os que temos visto ultimamente. No caso de Sebastian, acho que sua ação foi para extravasar e de vingar do pai e do garoto que denunciou a festa que ele dava na noite anterior ao crime, sem mencionar a forma possessiva com a qual tratava Maja.

    Abraços!

    ResponderExcluir
  6. Fiquei curiosa com essa série, gosto de séries com apenas uma temporada, onde tudo logo sabemos o desfecho e não precisamos esperar anos pra saber como tudo termina. As séries europeias costumam ter essa pegada mais intrigante, indico O Bosque, é bem bacana também.

    ResponderExcluir
  7. Oi, tudo bem? Essa série foi indicação do Netflix assim que abri meu perfil. O que mais me deixou curiosa para assistir foi ela ser da Suécia e ser curtinha. Geralmente séries europeias são melhores de assistir por isso. Em alguns momentos ela é bem tensa e me lembrou um caso semelhante que aconteceu nos EUA. Outro detalhe, grande parte das séries europeias terminam na primeira temporada. Não há brecha para continuação. Beijos, Érika =^.^=

    ResponderExcluir
  8. Oii, tudo bem? Li o post bem por cima pois iniciei a leitura do livro ontem e antes de adquirir eu não tinha lido nem a sinopse, comprei pela capa mesmo haha, mas assim que terminar e assistir a série eu volto aqui para comentar.

    ResponderExcluir

Os comentários agora são moderados para eu conseguir controlar melhor.