segunda-feira, março 11, 2019

SALTO CORUMBÁ - GO

E aí, como foram de carnaval? Eu fiquei em casa mesmo e deu para descansar muito. Até demais, eu acho. Agora que passou, dizem por aí que o ano começou oficialmente. Para mim já começou faz tempo, mas parece que realmente tem um clima diferente no pós-carnaval.

Hoje vou compartilhar com vocês um passeio que fiz no início do ano, ainda durante as férias. O Salto Corumbá fica aqui pertinho, no Goiás, e é lindo. Particularmente eu adoro o cerrado e amo cachoeiras. 

Sempre ouvi falar sobre e a vontade de ir era enorme. Finalmente conseguimos um tempinho e fomos. Eu costumo dizer que a Lei de Murphy comigo é infalível, talvez isso até atraia más energias, mas é a verdade. Justo no dia em que decidimos sair de casa, viajar por quase duas horas e aproveitar uma cachoeira, choveu. Choveu e fez frio.

Eu sabia que lá era um lugar com cachoeiras, mas não me atentei ao fato de que são várias trilhas para chegar até elas. Fui de chinelo e olha, não façam isso. Aguentei firme, mas de tênis teria sido bem melhor.

Agora vamos ao passeio. O Salto Corumbá, como eu disse, fica aqui pertinho, mais precisamente a 120km de Brasília e possui cachoeiras lindíssimas. A maior delas, a Cachoeira do Salto, possui "50 metros de queda d’água, que formam a principal cachoeira que temos em nosso parque: a Cachoeira do Salto. Toda a sua exuberância, formada pelo Rio Corumbá, oferece aos visitantes a possibilidade de se refrescarem e reenergizarem, sentindo e contemplando aquilo que de mais belo o nosso Cerrado e a Natureza em si têm para oferecer.

Não canso de dizer o quanto amo mirantes. Para chegar até lá você precisa fazer uma trilha, ela fica no caminho para as cachoeiras. A vista é linda e não liguem para a minha cara de sono/cansada/acabada, sempre que tiver post que contenham piscina/cachoeira, minha cara será essa. Além disso, eu não estava preparada para andar tanto (sedentária).


Uma coisa importante de citar é que lá tem restaurante com uma comida incrível e com preço bom. É self service, no peso, R$35 se não me engano. E também têm várias outras atividades para fazer por lá, tirolesa, por exemplo e tem muita atividade para crianças. Se você curte toboágua lá também tem. É possível se hospedar em pousadas ou no camping. Talvez eu faça um dos dois futuramente. 

Apesar de amar a praticidade de fotografar com celular, ultimamente estou bem chateada com a qualidade das fotos. Prometo que vou pegar o costume de levar a câmera para os lugares que eu for. Algumas fotos daqui foram tiradas com câmera, outras com celular.

Fica aqui a minha dica de passeio para quem mora aqui nas redondezas. Pretendo voltar lá em breve e irei preparada.

Ah, pagamos R$50 cada para entrar. Mais informações você pode acessar o site do Salto Corumbá.

Espero que tenham curtido.
>

Um comentário:

  1. Amei o post. sempre quis ir conhecer, mas a rotina não deixa.
    Axho muito bom essas cachoeiras e tudo mais do Goiás que é super pertinho para ir. Você já foi em Mambaí?
    beijos
    lolamantovani.blogspot.com

    ResponderExcluir

Os comentários agora são moderados para eu conseguir controlar melhor.