segunda-feira, janeiro 14, 2019

LIVRO | OUTSIDER - STEPHEN KING

Sinopse: O corpo de um menino de onze anos é encontrado abandonado no parque de Flint City, brutalmente assassinado. Testemunhas e impressões digitais apontam o criminoso como uma das figuras mais conhecidas da cidade — Terry Maitland, treinador da Liga Infantil de beisebol, professor de inglês, casado e pai de duas filhas. O detetive Ralph Anderson não hesita em ordenar uma prisão rápida e bastante pública, fazendo com que em pouco tempo toda a cidade saiba que o Treinador T é o principal suspeito do crime. Maitland tem um álibi, mas Anderson e o promotor público logo têm amostras de DNA para corroborar a acusação. O caso parece resolvido. Mas conforme a investigação se desenrola, a história se transforma em uma montanha-russa, cheia de tensão e suspense. Terry Maitland parece ser uma boa pessoa, mas será que isso não passa de uma máscara? A aterrorizante resposta é o que faz desta uma das histórias mais perturbadoras de Stephen King.
Conheço várias histórias do Stephen King, mas livro, PASMEM, é o primeiro que leio dele. Não posso afirmar que é "a história mais perturbadora" dele, mas afirmo, com toda minha alma que é uma história BEM assustadora.

Não sei bem por onde começar a falar sobre Outsider. É uma leitura tão intensa que te faz tremer desde a sinopse até a última página. Já consegui visualizá-lo adaptado para o cinema e espero que isso se torne real.

Preciso dizer que eu fiquei bem assustada com as descrições do Stephen King, bem assustada mesmo. Como vocês já leram na sinopse, um garoto é estuprado e morto de forma brutal e tudo é relatado em detalhes pelo médico responsável pela autopsia. Apesar de gostar demais de terror, confesso que em alguns casos, relatos me fazem perder o sono ou mesmo ter pesadelos.

Foi o caso de várias partes desse livro. Ele é bem puxado para o gore, então você vai ter uma descrição minuciosa da forma como o corpo do garotinho de onze anos foi encontrado. É pesado.

Vários itens foram testados para a verificação de tipo sanguíneo. O primeiro foi o galho usado para sodomizar a vítima, Frank Peterson, uma criança branca do sexo masculino, onze anos de idade. O galho tinha aproximadamente 56 centímetros de comprimento e oito de diâmetro. Uma seção mais ou menos na metade ficou com a casca arrancada, provavelmente por causa do manuseio brutal pelo criminoso (ver fotografia anexada). Impressões digitais foram encontradas na parte lisa do galho; foram fotografadas e colhidas pela Criminalística Estadual antes de a prova ser entregue a mim pelo detetive Ralph Anderson (DP de Flint City) e pelo policial Yunel Sablo (Polícia Estadual Posto 7). Portanto, declaro que a cadeia de provas permanece intacta.

É uma narrativa que, mesmo contendo um toque macabro, digno de Stephen King, envolve o leitor e faz com que nos sintamos parte da história. Desperta o Sherlock Holmes que há dentro de nós.

Falando em Sherlock Holmes, King, em diversos trechos cita escritores renomados no meio do romance policial e do terror, tais como Agatha Christie e Harlan Coben. Este último, inclusive é um ponto importantíssimo da história, visto que é o álibi do treinador Terry. Quem não queria um álibi desses?

Além do mais, King dá uma pitada de sobrenatural, abordando temas como universos paralelos, já tratados em outras obras do autor, e a possibilidade de haver um duplo de cada pessoa andando por aí. É confuso, mas no final você entende tudo.

Outra coisa que eu gostei bastante em Outsider é o fato de ocorrerem diversas referências não só a escritores, como citado acima, mas também a cultura pop em geral. Um personagem que ficou a noite toda vendo Netflix, uma referência ou outra à Torre Negra, comparação da caçada ao “Forasteiro” aos textos de Bram Stoke em Drácula. É impressionante como Stephen King sabe o que está fazendo, não é atoa que ele é o mestre do terror.

Os capítulos são curtos, o que torna a leitura fluida e rápida e tem a divisão em  12 partes que situa o leitor em que ambiente as próximas páginas acontecerão.

É uma leitura extremamente válida e fundamental para os fãs de Stephen King. É, ainda, um lançamento de 2018 e tenho certeza de que vai agradar muito ao público que ama terror e mistérios.
Stephen King é autor de mais de cinquenta livros best-sellers no mundo inteiro. Os mais recentes incluem Revival, Mr. Mercedes, Escuridão total sem estrelas (vencedor dos prêmios Bram Stoker e British Fantasy), Doutor Sono, Joyland, Sob a redoma (que virou uma série de sucesso na TV ) e Novembro de 63 (que entrou no TOP 10 dos melhores livros de 2011 na lista do New York Times Book Review e ganhou o Los Angeles Times Book Prize na categoria Terror/Thriller e o Best Hardcover Novel Award da Organização International Thriller Writers). Em 2003, King recebeu a medalha de Eminente Contribuição às Letras Americanas da National Book Foundation e, em 2007, foi nomeado Grão-Mestre dos Escritores de Mistério dos Estados Unidos. Ele mora em Bangor, no Maine, com a esposa, a escritora Tabitha King.


Título original: THE OUTSIDER
Tradução: Regiane Winarski
Páginas: 528
Lançamento: 15/06/2018
ISBN: 9788556510679
Selo: Suma de Letras

Compre na Amazon.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários agora são moderados para eu conseguir controlar melhor.

Follow Us @blogsabeoinverno