terça-feira, janeiro 08, 2019

LIVRO | CONTOS COMPLETOS - CAIO FERNANDO ABREU

Sinopse: Pela primeira vez, a reunião de todos os contos de um dos autores mais viscerais da contracultura brasileira. Publicados entre as décadas de 1970 e 1990, os contos de Caio Fernando Abreu são o retrato de uma geração. Os tempos autoritários e sombrios dos anos de chumbo aparecem nesta reunião não apenas como pano de fundo, mas como parte constituinte de uma prosa que se consagrou pelo estilo combativo e radical. Vida e obra, aqui, se misturam a ponto de biografia se transformar em literatura e vice-versa.Em Contos completos, o leitor tem a chance de percorrer toda a produção do autor no gênero da prosa breve. O volume abarca seis títulos ― Inventário do irremediável (1970), O ovo apunhalado (1975), Pedras de Calcutá (1977), Morangos mofados (1982), Os dragões não conhecem o paraíso (1988) e Ovelhas negras (1995) ―, além de dez contos avulsos, sendo três deles inéditos em livro. O livro inclui, por fim, textos de Italo Moriconi, Alexandre Vidal Porto e Heloisa Buarque de Hollanda, que jogam luz sobre a atualidade de Caio Fernando Abreu.Ao escrever sobre amor, morte, medo, sexualidade, solidão e alegria, o autor de Onde andará Dulce Veiga? constrói personagens complexos e absolutamente profundos em cada detalhe. Com verve e sensibilidade, o “escritor da paixão”, na alcunha de Lygia Fagundes Telles, soube como ninguém combinar delírio e lucidez, euforia e angústia, luz e sombra.
É impressionante como alguns escritores brasileiros são, até hoje, praticamente desconhecidos por muita gente. Digo isso porque eu conhecia o Caio Fernando Abreu apenas de ouvir falar. Nunca havia lido nada dele, a não ser aquelas frases de Facebook que muitos compartilham.

Durante o ensino médio e na faculdade, não me lembro de ter ouvido falar do nome dele. Só soube de sua existência já depois de muitos anos e isso é bem triste sabe? Assim como Fahrenheit 451. São autores, leituras importantíssimas e que a meu ver não são muito valorizadas nesses ambientes.

Caio Fernando me tocou imensamente com sua escrita envolvente. Agradecerei eternamente à Companhia das Letras por reunir em um único volume todos os contos dele e também por me dar a oportunidade de ler algo tão precioso de um ícone.

Não sou pra todos. Gosto muito do meu mundinho. Ele é cheio de surpresas, palavras soltas e cores misturadas. Às vezes tem um céu azul, outras tempestade. Lá dentro cabem sonhos de todos os tamanhos. Mas não cabe muita gente. Todas as pessoas que estão dentro dele não estão por acaso. São necessárias.”É um livro bastante longo, afinal são todos os contos reunidos e mais três inéditos. Eu particularmente adoro contos, logo foi muito fácil me apaixonar pelos textos dele. Além disso, eu também adoro saber como era o comportamento das pessoas em determinado ano.

A época da escrita, de 1970 para frente, sem dúvida é o período da história que eu mais gosto de saber dos detalhes. Através do Caio fui transportada para aqueles anos e senti as emoções de uma época tão difícil.

Sabe aquilo que eu disse sobre não ter lido ele antes? Então, quando você lê a biografia do cara, você fica sabendo que durante um tempo ele se hospedou na casa de Hilda Hilst, fugido do DOPS (Departamento de Ordem Política e Social). Mais uma escritora que eu NUNCA li, porém segue sendo um grande nome da nossa literatura.


A forma como Caio F. Abreu aborda assuntos como homossexualidade e o HIV é bem natural, já que é algo que ele vivenciou. Assuntos importantíssimos e polêmicos da época e até hoje. Raramente alguém escreveria sobre esses assuntos da mesma forma.

Finalizo a minha indicação por aqui e espero que mais pessoas possam conhecer essa obra fantástica.
Caio F. Abreu nasceu em Santiago do Boqueirão, no Rio Grande do Sul, em 1948. Sua obra ganhou forma em contos, novelas, peças, poemas, romances e em uma vasta produção epistolar. Morreu em Porto Alegre, em 1996.

Olha, eu sei que o barco tá furado e sei que você também sabe, mas queria te dizer pra não parar de remar, porque te ver remando me dá vontade de não querer parar também. Tá me entendendo? Eu sei que sim.

Título original: CONTOS COMPLETOS
Páginas: 768
Lançamento: 25/07/2018
ISBN: 9788535931280
Selo: Companhia das Letras

Compre na Amazon.
>

4 comentários:

  1. Tudo bem? Já tinha visto esse livro por aí, porém não me despertou nenhum interesse.
    Eu ando meio saturada de alguns tipos de leitura por conta da faculdade e cursos, então estou preferindo ler algumas coisas mais especificas que me fazem relaxar.
    Ainda assim, sua resenha cumpre o papel em apresentar ao leitor o que a obra trás. Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Eu não conhecia o autor, mas também não sou uma leitora assídua de contos, poemas e poesias. Gostei de conferir suas considerações e saber mais sobre os temas abordados ao longo do livro, sem dúvidas traz reflexões, só não me senti despertada para conhecê-lo no momento.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  3. Olá,
    Lembro de ter lido algo do autor durante a escola, mas faz muito tempo então não me recordo muito. Eu também tenho estes autores que nunca li e acho estranho nunca ter lido hehehe.

    Debyh
    Eu insisto

    ResponderExcluir
  4. Nossa, faz muito tempo que não leio nada desse autor! Li quando ainda era adolescente e agora já nem lembro de suas histórias. Gostei muito da sua indicação, serve para matar as saudades!
    Bjos
    Lucy - Por essas páginas

    ResponderExcluir

Os comentários agora são moderados para eu conseguir controlar melhor.