CONHECENDO BENTO GONÇALVES - RS

Como já falei algumas - várias - outras vezes, um casal de amigos mudou para a cidade de Bento Gonçalves no Rio Grande do Sul. Aproveitamos que era ali perto de Gramado e fomos visitá-los, já que fazia uns seis meses desde nossa despedida.

Bento Gonçalves, ao contrário de Gramado e Canela, não é uma cidade turística. É uma cidade linda e com uma história maravilhosa. A arquitetura é daquelas bem século XVIII, que, vamos combinar, é muito linda. Nós chegamos lá a noite, então só conheci a cidade à luz da lua. Claro que isso não diminui em nada a beleza.
Na mesma noite em que chegamos, demos essa voltinha rápida e fomos a uma cafeteria chamada Dolce Gusto. Até perguntei se tinha algo a ver com  marca de cafés, mas ninguém soube me responder. Apenas um detalhe mesmo.

A cafeteria era apenas maravilhosa e com um cardápio muito bom. Talvez por ter sido minha primeira visita ao sul eu achei a diferença de preços gritante. O café que eu pedi, não lembro mais nem qual era, acho que era mocha, foi R$9 em um copo grande. Estou acostumada a pedir o mesmo café aqui em Brasília e pagar em torno de R$12 em um copo pequeno. Já a torta, uma delícia e também foi menos de dez reais, não lembro direito.
Na mesma noite, jantamos no restaurante Casa DiPaolo. O restaurante tem uma estrutura bem medieval e o atendimento foi maravilhoso. Comemos um rodízio de carnes com alguns acompanhamentos. Maravilhoso. Por fim, pedimos a sobremesa e um café para fechar com chave de ouro.
Nossa programação para o dia seguinte foi tudo de bom. Conhecemos o Vale dos Vinhedos, na fábrica da Miolo, conhecemos a Casa Valduga e também uma cidade lindinha demais chamada Monte Belo do Sul.

Conto mais nos próximo post.

0 Comentários