segunda-feira, dezembro 18, 2017

LIVRO | PERDÃO, LEONARD PEACOCK - MATTHEW QUICK

Estou pensando aqui se vou conseguir escrever sobre todos os livros que li esse ano antes do dia 31. Deixei tanto para depois que o ano praticamente acabou e aqui estamos nós, atrasados. Enfim, às vezes eu faço buscas de livros por tema, foi assim com autistas, serial killers, personagens suicidas, etc. Indiquei para vocês Suicidas, um livro incrível e agora que apresentar Perdão, Leonard Peacock, do escritor Matthew Quick, autor de O Lado Bom da Vida.

Sinopse: Hoje é o aniversário de Leonard Peacock. Também é o dia em que ele saiu de casa com uma arma na mochila. Porque é hoje que ele vai matar o ex-melhor amigo e depois se suicidar com a P-38 que foi do avô, a pistola do Reich. Mas antes ele quer encontrar e se despedir das quatro pessoas mais importantes de sua vida: Walt, o vizinho obcecado por filmes de Humphrey Bogart; Baback, que estuda na mesma escola que ele e é um virtuose do violino; Lauren, a garota cristã de quem ele gosta, e Herr Silverman, o professor que está agora ensinando à turma sobre o Holocausto. Encontro após encontro, conversando com cada uma dessas pessoas, o jovem ao poucos revela seus segredos, mas o relógio não para: até o fim do dia Leonard estará morto. 
Avaliação: ★★★★☆

Sempre que leio algo relacionado a suicídio sinto um aperto muito grande aqui dentro de mim. Esse é o tipo de livro que você torce para que no final tudo dê certo, melhor dizendo, tudo dê errado e que o personagem principal não se mate.  Certamente esse foi um dos livros que mais me tocou nos últimos tempos.

Fiquei pensando a todo instante como é difícil ver sua vida despedaçada, parecendo que não existe uma luz no fim do túnel e que ninguém é capaz de mudar aquilo dentro de você, mas ao mesmo tempo você implora por dentro que alguém note que alguma coisa mudou. Uma vez eu ouvi que quando uma pessoa quer se matar e ela está determinada a fazê-lo, ninguém pode fazer nada para mudar. Eu penso completamente diferente.

Já ouvi que depressão depende unicamente da pessoa querer mudar. Porém quantas vezes você quer apenas que as pessoas notem que você está quebrado de alguma forma?

No livro, o personagem Leonard está decidido a matar o ex melhor amigo e cometer suicídio depois. No entanto, ao longo da história ele vai falando que algumas pessoas poderiam mudar aquele dia, que por sinal é seu aniversário. Uma palavra as vezes pode mudar o curso inteiro de uma historia, mas normalmente ninguém esta disposto a falar alguma coisa.

Perdão, Leonard Peacock é um livro extremamente emocionante, que trata de abuso sexual e todas as consequências que ele traz. Nos faz pensar sobre como é importante a figura materna e o fato de ela, que deveria ser a pessoa que mais te ama na vida, fazer diferença quando o assunto é acolher. Também percebi, ainda mais eu sendo professora, o quanto é importante o papel da escola e dos professores no tratamento de pessoas com depressão. Claro, professor não é médico, mas é um dos que mais  consegue ter facilidade em perceber algo errado.


Em 13 Porquês temos vários exemplos de vezes em que a Hannah poderia ter sido ajudada, ela deixou claro várias vezes que não estava bem. É para refletir mesmo. É um assunto bastante delicado, mas depois de ler PLP, entendi mais ainda o poder que as palavras tem de salvar vidas.

I.S.B.N: 9788580573954; Páginas: 224; Ano: 2013; Autor: Matthew Quick; Gênero: Literatura Estrangeira / Romance; Editora: Intrínseca.

Compre na Amazon
Milca Abreu
Milca Abreu

Professora de Português e Literatura, apaixonada por leitura, fotografia, séries, gatos, Star Wars, Super-Heróis, Woody Allen e batons. Amo histórias de terror e suspense, músicas antigas e não dispenso uma boa passeada no shopping. Sou da Capital e ainda pretendo conhecer o mundo - ou parte dele.

51 comentários:

  1. Não conhecia o livro e sinceramente não costumo ler livros desse gênero, mas amei a sua resenha, fiquei super interessada e vou comprar o livro.

    ResponderExcluir
  2. Pela sinopse parece pesado, mas ao mesmo tempo intrigante. Adorei a sua resenha, o livro com certeza entrou para minha wishlist.

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Que livro chocante hein.... Sò pela sinopse, já dá pra imaginar um pouco o que acontece. Pra quem curte, é bom rsrs.
    https://blogdajenny2014.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Olá. Apesar de já ter ouvido falar do livro, não sabia do que se tratava. Apesar de achar esse tema interessante, nunca li livros dela. De 13 Porques apenas vi a série e não vejo a hora de mudar isso, mas o livro esta muito caro.
    Como esse esta mais no meu orçamento, irei aproveitar para fazer a leitura.
    Parabéns pela iniciativa de falar sobre isso. E, com certeza, acredito que podemos mudar e ajudar alguém com depressão e tendências suicídas. Beijos

    https://almde50tons.wordpress.com

    ResponderExcluir
  5. Esse livro tem uma história que aborda tema que mexe com a sociedade, ainda não tinha ouvido falar do livro mas o livro é bastante interessante, é um livro que emociona, bjs.

    ResponderExcluir
  6. Esse livro deveria entrar para a lista de leitura obrigatórias, to emocionada só pela resenha, imagina o livro

    ResponderExcluir
  7. Não conhecia o livro mas parece ser muito interessante e com um tema muito importante, sua resenha ficou ótima parabéns

    ResponderExcluir
  8. olá , tudo bem ? O tema me assusta um pouco , não costumo ler esse tipo de história mais sua resenha está bem escrita . Bjsss

    ResponderExcluir
  9. Amei a resenha, não conhecia o livro mas vou procurar

    ResponderExcluir
  10. A temática é pesada, mas os 4 encontros geram bastante curiosidade...
    Gostei, muito legal.
    Blog ArroJada Mix

    ResponderExcluir
  11. Desde que li os 13 porquês não achei um livro com o tema suicídio que me atraísse. Esse parece ser muito bom. Gostei da resenha e já quero ler.

    ResponderExcluir
  12. Tema pesado hein..
    Mas fiquei super envolvida com a resenha.. vou buscar..

    ResponderExcluir
  13. Não li o livro mas assisti a série que me impressionou bastante o tema e realmente meche com a cabeça de quem já sofreu o mesmo e legal o fato de vc relatar sobre o assunto.

    ResponderExcluir
  14. acheeei super interessante esse livro. sua sinopse me chamou a atenção. o livro 13 reasons eu não cheguei a ler mas quero mt.

    ResponderExcluir
  15. Caramba. Que sinopse aterradora.Eu não sei se eu teria coragem de ler esse livro. Nem sei se seria bom. Estou em um momento da minha vida onde devo evitar coisas muito bad vibes.

    Parece ser um livro excelente, mas não para mim... não agora.

    Excelente resenha. Suas colocações são muito sensíveis.
    Um abraço

    ResponderExcluir
  16. Nossa, muito interessante essa história tenho que confessar. Eu não sabia da existência desse livro mas gostei de saber agora. Porém no momento irei deixar na lista de espera futura. Obrigada pela dica.
    Beijão.

    ResponderExcluir
  17. Olá!
    Que história forte e o tema é praticamente um tabu, mas que precisa ser debatido pois o número de suicídios tem aumentado. Grato pela dica!

    ResponderExcluir
  18. Oi Milca, esse livro também mexeu muito comigo, é um tema bastante delicado e o autor nos leva junto com o personagem nesse seu desespero que chega a doer. Foi uma das leituras mais marcantes até hoje. Amei a resenha. BJs

    ResponderExcluir
  19. Olá Milca, sigo o seu blogue e gosto de ler as suas resenhas, especialmente porque traz sugestões de livros e narrativas com as quais eu nunca teria contato. A verdade é que se encontrasse este livro na livraria e lesse que era sobre suicídio e um possível atentado creio que não compraria, porque é uma temática bem pesada e que mexe connosco. Porém, através da sua resenha, vejo que é uma oportunidade para refletir sobre a depressão, as escolhas e também sobre a atenção (ou falta dela) que damos a pessoas que estejam a passar por um momento depressivo... Obrigada pelo seu post!

    ResponderExcluir
  20. Você tem minha admiração, na correira o unico tempo que eu tenho para ler, eu durmo e profundamente. O seu blog é pura inspiração, quem sabe 2018 eu consiga dar uma desacelerada e leia mais. Bjusssssss

    ResponderExcluir
  21. Nossa, parabéns. Não conhecia o livro é quero muito ler. Adoro ler este tipo de livro sobre este assunto pois tendo uma esposa que é professora (além de indicar estes livros para ela) posso entender o que ela enfrenta em seu dia-a-dia.

    ResponderExcluir
  22. Não conhecia e já quero ler! Sua resenha ficou fantástica. Gosto de livros que nos fazem refletir sobre nossos atos. O que me chamou a atenção foi "Uma palavra as vezes pode mudar o curso inteiro de uma historia", Se pensarmos bem, sempre podemos fazer a diferença na vida de alguém. Não devemos deixar que as pessoas saiam de nossa presença se se sentir um pouco melhor do que estava.

    ResponderExcluir
  23. É a primeira resenha que leio sobre esse livro e o tema abordado é algo que precisa ser refletido e debatido. Obrigada pela indicação!!
    Bjs.

    ResponderExcluir
  24. Eu já estou bem ao contrário viu! Não sei se conseguirei ler, até o dia 31, todos os livros que me propus a ler em 2017... hehe
    Esse foi um ano em que li menos que o normal. E esse é mais um livro que ainda não li e já quero ler. Mas vai ser pra 2018 porque 2017 infelizmente não conseguirei.

    ResponderExcluir
  25. Eu ainda não li nem Os 13 Porques (tentei comprar o livro, mas nunca dá certo), mas vou comprar e ler. Sobre o livro da resenha, já li outras resenhas sobre e sério, já quero muito ler. Acho que esses tipos de livros são super necessarios para percebemos o que está acontecendo ao nosso redor, como as pessoas

    ResponderExcluir
  26. Oi Milca, tudo bem? Primeiro, adorei sua resenha. Já conhecia o livro mas nunca tive a oportunidade de ler, não me dei muito bem com O Lado Bom da Vida e isso me desanimou um pouco para outros livros do autor. Porém gostei como você passou suas impressões, gosto muito de ver como os autores abordam em seus livros esses temas mais pesados e tão presentes na nossa realidade, como eles passam suas mensagens etc e aparentemente o Matthew se saiu bem com esse. Tentarei dar uma nova chance ao autor no futuro.

    Beijos
    https://maresialiteraria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  27. Eu gosto desses temas diferentes, principalmente quando envolvem mistérios e serial killers... vou ler, embora o tema seja outro, me chamou atenção. Beijinhos... Au Revoir!

    ResponderExcluir
  28. Olá! Nossa que livro, pelo que contou parece ser um livro pesado, mas não deixa de ser interessante. A leitura deve ser bem marcante e profunda. Nunca li livros com o tema de suicídio, mas fiquei tentada a ler esse. E, na vida de muitas pessoas, realmente uma palavra amiga pode ajudar bastante! Abraços

    ResponderExcluir
  29. Adorei esse livro ele teme o tema pesado, mais minha amiga já tinha me indicado! Amei o post

    ResponderExcluir
  30. amei esse livro achei bem a minha cara vou add na minha lista de leitura pro ano q vem bjs

    ResponderExcluir
  31. Oiee Milca ^^
    Esse livro é incrível, né? Gostei muito dele quando o li também, apesar de agora não conseguir lembrar a história inteira...haha' mas sei que foi uma obra que me marcou, principalmente porque foi um dos primeiros livros que eu li que tratavam de assuntos como suicídio e abuso sexual.
    MilkMilks ♥

    ResponderExcluir
  32. Oi Milca!
    Faz tempo que esse livro está na minha lista de desejados, mas até hoje não comprei e nem sei dizer o motivo já que ele sempre está com precinho camarada.
    Ele realmente trata de assuntos fortes e sei que vou me emocionar bastante enquanto leio. Esse tipo de leitura sempre me prende ao máximo (eu li Os 13 Porquês e foi um livro que me fisgou de imediato). Espero conseguir ler ele no ano que vem.
    Beijos

    ResponderExcluir
  33. Suicídio é um tema muito complexo para ser comentado em poucas linhas. Depressão, idem. Depressão não se cura com palavras, depressão está além disso, está em não apenas um ponto, mas em vários que juntos formam a base que dá sustentação para que ela se instale. Para vencer depressão existem muitas formas, mas nenhuma delas é a da confrontação grosseira e muito menos de julgamentos. Mas de amor. Parece ser um livro que faz uma reflexão sobre tudo isso.

    ResponderExcluir
  34. Eu adorei a sua resenha e amei essa foto! Eu tinha interesse em ler esse livro, mas dai veio uma avalanche de livros parecidos e acabei esquecendo. Sua resenha reavivou essa vontade, e eu nem sabia que tinha uma série! Obrigada.

    ResponderExcluir
  35. Não conhecia o livro mas acho que deve ser bastante interessante apesar de pesado, já que o tema é já por si muito forte.
    O suicídio ainda é um tema meio que tabu, com alguns a considerar que é um acto de coragem, outros de fraqueza de espírito, mas no fim o que interessa é que alguém tirou a sua própria vida e podia ter sido ajudado.
    Simplesmente não percebo é porque que se existe a intenção de deixar de viver qual a vantagem de destruir a vida de outra pessoa. Afinal não podemos estar a brincar aos juízes, matando quem achamos que merece morrer e depois para não enfrentar as consequências acabarmos com a nossa própria vida.
    Relativamente ao 13 Reasons Why, acho que a Hannah a certa altura se transforma o seu pior inimigo, não deixando ninguém a ajudar e afastando todo o mundo. Além que as cassetes, mais que um grito de ajuda pós-morte são de um requinte de malvadez para castigar a vida de quem ela considerou agir de forma errada. Mas isso dava uma boa e interessante discussão...

    ResponderExcluir
  36. Conheço o livro, mas não o li ainda. O enredo é bem atual, e fala de coisas importantes como abuso sexual e suicídio. Acho importante que mais livros abordem sobre isso. Não vejo a hora de ler.
    Bjs, rose

    ResponderExcluir
  37. nao conhecia o livro mais achei um leitura bem diferente e que envolve temas interessantes ...
    bj
    BLOG♥ Coisas da bueno

    ResponderExcluir
  38. Sou louca para ler esse livro. Amo essa história.

    ResponderExcluir
  39. Olá, como vai? Já vi a capa desse livro milhões de vezes, mas não sabia do que se tratava, agora já quero ler. Amei sua resenha. Concordo que palavras têm o poder de ferir e de curar. Precisamos pensar muito antes de ferir alguém com essa arma que é a língua. Amei. Já acrescentei mais esse livro na minha imensa lista de desejos. kkkkk Um beijo, sucesso com o blog e até minha próxima visita.

    ResponderExcluir
  40. Não conhecia esse livro, talvez por não ter lido nenhum livro que abrodasse dessa maneira esse assunto. É um livro diferente e me deixou super curiosa para le-lo. Beijos 😘

    ResponderExcluir
  41. É uma história muito forte.É muito díficil lidar com as dores,traumas e frustrações.Muitas pessoas optam pelo suicídio para dimunuir o sofrimento,mas ninguém nunca voltou para dizer se passou o sofrimento.Então,mesmo que tudo aparente impossível,de alguma forma é preciso um esforço para superar as aflições.O importante também são as afetividades,nunca se pode abandonar uma pessoa emocionalmente fragilizada,tem que mostrar que ela é importante,querida,necessária,útil.E nunca tratar essas pessoas como incapazes e fracas.O amor pode curar tanto dar como receber amor.

    Coisas de uma ansiosaFacebookInstagram

    ResponderExcluir
  42. Oi, Mica.
    O tema não me interessa muito, mas entendo o porquê de tantos livros juvenis estarem abordando esse tema e tentando fazer com que as pessoas falem sobre o suicídio!
    Beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  43. Olá!
    Conheço esse livro a um bom tempo,mas nunca li.Acho que na época por esta em uma fase de pensamentos suicidas não conseguir ler.Eu acredito que palavras podem,sim salvar vidas e que perceber que alguém esta mal é o 1º passo,sou muito observadora então procuro ajudar as pessoas a minha volta.
    Esse livro parece bem emocionante quero pode ler o mais rápido possível após sua resenha.
    bjs

    ResponderExcluir
  44. Oii tudo bem??

    Sempre via esse livro e nunca passou na minha cabeça uma história tão chocante. Vou colocar na minha meta do proximo ano, realmente preciso ler esse livro, entender o porque disso tudo.
    Adorei a resenha.
    Bjus Rafa

    ResponderExcluir
  45. Minha filha me indicou esse livro já tem um tempo, baixei o e book e acabei esquecendo. Hoje mesmo já vou botá-lo visível no Kindle.
    Eu li os 13 Porquês e confesso que gostei mais da série vd, mas ambos traz muita reflexão sobre de como as escolas deveriam estar mais preparada para os conflitos dos adolescentes.
    Amei sua resenha, parabéns! Bjs e boas festas!

    ResponderExcluir
  46. Oi, tudo bem?
    Eu já tinha visto a capa desse livro, mas não sabia que ele abordava o suicídio. Confesso que sempre tenho um pé atrás com livros que falam sobre o assunto, pois a grande maioria que eu já vi trazem uma abordagem simplista e, algumas vezes irresponsável. Inclusive, os 13 por quês é um livro repleto de problemas na maneira como fala sobre o suicídio.
    Pelo que vi da sua resenha, não fiquei muito curiosa para ler este livro. Apesar de concordar que é preciso falar sobre o assunto e que as pessoas muitas vezes ignoram o que está acontecendo com os outros e deixam de ajudar quem precisa de apoio, acho muito perigosa essa visão de que as atitudes de terceiros podem ser determinantes na decisão de uma pessoa tirar a própria vida ou não. Nem sempre é assim, há muitos casos em que mesmo com o apoio da família e de amigos a pessoa não consegue sair da depressão, então, é preciso que os livros tenham mais cuidado com esse tipo de simplificação.
    De qualquer forma, sua resenha está ótima e que bom que foi uma leitura produtiva para você.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  47. Olá!

    Se tem a mesma pegada de Os 13 Porquês, vou passar longe, odiei a história da Hannah, de verdade, minha vontade era de entrar no livro e eu mesmo matá-la. Desculpe por não concordar com todo mundo, mas não pretendo fazer essa leitura.

    ResponderExcluir
  48. Gostei muito de sua resenha e consequentemente fala de assuntos que está em alta atualmente.Temos uma sociedade triste,incompreendida e muitas vezes o suicídio figura como uma desesperadora e única solução.Acho que a cada dia que passa as pessoas são mais solitárias e isso intensifica a depressão e outros males que desencadeiam algumas reações emocionais e individuais de cada um.Adorei a resenha dos livros citados,tenho um grande interesse em aprofundar esta leitura.Grande Beijo!!

    ResponderExcluir
  49. Oie!
    Ainda não li nnhum livro do autor, e não sei como é a narrativa do autor, nm se vou gostar, rs.
    Vou anotar essa dica, nunca se sabe quando vou ficar com vontade de ler o livro.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  50. Eu não fazia ideia que o plot desse livro era suicidio; e ainda lembro que quando foi lançado muita gente comentou dele mas nada que eu percebesse esse tema. Enfim, fiquei curiosa para saber o porque do menino querer matar seu amigo antes de se matar... Antes nunca dei muita bola mas agora vou ter que colocar na lista de leitura.

    ResponderExcluir
  51. Oie
    eu li o livro há uns anos atras e me lembro que valeu muito a pena pois é realmente uma leitura emocionante, as vezes tenho vontade de reler pois me tocou demais, o autor arrasou

    beijos
    http://www.prismaliterario.com.br/

    ResponderExcluir

Se você gostou (ou não), deixe um comentário me dizendo o que achou, assim poderemos trocar figurinhas sobre coisas das quais gostamos e vou saber o quê e onde melhorar.
Spam, não, pls!