LIVRO | PSICOPATAS DO COTIDIANO - KATIA MECLER

Li esse livro faz um tempo e estava aqui procrastinando para compartilhar com vocês. O título do livro é um tipo que chama minha atenção de longe, então quando o vi não tive dúvidas de que ele seria meu. Assim como já disse quando sugeri esse livro e essa série, eu AMO história sobre serial killers e psicopatas. Ficção ou não, eu gosto da leitura, não perguntem o motivo, apenas gosto.

Mas aqui não temos histórias de criminosos ou algo assim. Eu diria que é mais um manual para você reconhecer os psicopatas que te rodeiam. As vezes eu acho que deveria cursar psicologia, porque o comportamento humano é no mínimo interessante. Confesso que quando vi o título do livro pensei: NOSSA, SERÁ QUE ESTOU CERCADA DE LOUCOS CRIMINOSOS? Mas como eu disse, através dessa leitura você  consegue analisar um pouco as pessoas próximas a você.
Sinopse: Diz o ditado que de perto ninguém é normal. E, de fato, basta parar um minuto para observar o seu entorno e você vai identificar aquela pessoa que é instável demais, outra que é inflexível demais, outra ainda que é teatral ou insegura ou arrogante ou submissa... Os desvios são muitos, e estão sempre à nossa volta. Às vezes são apenas características individuais, que não preenchem critérios para diagnóstico psiquiátrico algum, mas outras vezes são comportamentos repetitivos, peculiares e disfuncionais que causam danos físicos e psicológicos às próprias pessoas ou para aquelas que estão ao seu redor. Este livro identifica estes que são os psicopatas do cotidiano e explica em detalhes as características que levam essas pessoas a agirem assim. Para quem tem um deles ao redor, será uma oportunidade única de descobrir mecanismos que ajudem a manter a própria integridade, física ou psicológica, sem abrir mão da convivência. "As pessoas precisam, isto sim, conhecer melhor seus próprios problemas ou os transtornos de gente do seu relacionamento. E o conhecimento é o melhor caminho para que se possa conviver melhor.
Avaliação: ★★★★☆
O autor mostra a cada capítulo um tipo de transtorno de personalidade, tais como o paranóide, o borderlaine, o antissocial, entre outros. É muito comum no decorrer da vida encontrarmos pessoas com essas características e é bem complicado lidar com essas pessoas. Além disso, quem aí nunca se considerou antissocial? ou obsessivo-compulsivo? Eu mesma me considero uma pessoa que não sabe lidar com outras pessoas na maioria das vezes e gosto até de evitá-las, claro, não sempre (risos).

E aí que em Psicopatas do Cotidiano a autora, Katia Mecler, nos explica detalhadamente como são cada uma dessas pessoas. Sabemos que é muito fácil nós aprendermos a lidar com elas do que esperar que elas mudem do dia para a noite, então é uma leitura extremamente válida.

Já percebeu, também, que muitas pessoas que ocupam cargos altos possuem algum tipo de característica que nos faz pensar NÃO PODE SER NORMAL. Já tive chefes que arrasaram com a minha vida justamente porque eu não sabia lidar com alguns comportamentos.
É impressionante como muitas das coisas faladas no livro são reais e me fizeram pensar em todas as pessoas que já passaram pela minha vida. Sem falar que na maioria dos casos a gente só tem o costume de pegar ranço e pronto. Também é importante que aquelas pessoas que têm filhos fiquem de olho no comportamento deles. Isso é muito sério e o ser humano, normalmente, já têm o poder de destruir vidas e ser péssimos, então a melhor saída é cuidar das crianças de hoje.

Como eu disse ali em cima, o comportamento humano é interessantíssimo, talvez seja esse o motivo de eu gostar tanto de temas relacionados.

I.S.B.N: 9788577345700; Páginas: 253; Ano: 2015; Autor: Katia Mecler; Gênero: Não-ficção / Psicologia; Editora: Leya.

Onde comprar:

30 comentários:

  1. Olá
    Gosto desse tipo de leitura ,me prende.
    Gostei do seu post, myito bem escrito.
    Obg pela dica!
    Bjss

    ResponderExcluir
  2. O título assim como a capa também me chama atenção, eu apenas gosto, isso me define também.
    Fiquei curiosa para saber as tais coisas faladas no livro, sempre tem uma ou outra pessoa que penso que se não é um psicopata ele tem potencial rsrs, ou seja, preciso ler este livro.

    Beijos.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Gente.. que capa, que título!!
    Quero muito ler!!Amo esse tipo de livro!!

    ResponderExcluir
  4. Eu gosto bastante desse tipo de literatura, mas não gosto muito em séries, acho que fica SUPER repetitivo. Mindhunter foi uma das séries que resolvi dar uma chance depois de anos sem acompanhar o gênero. Gostei bastante, apesar de achar bem fraca no final.

    Quanto ao livro, já tentei ler o mesmo, mas sempre achei um tema muito complexo pra ser simplificado. Claro que é literatura e possui a liberdade autoral, mas não curti muito não.

    vidaemserie.com

    ResponderExcluir
  5. eu nunca li um livro nesse estilo mais sempre tive vontade o nome do livro chama muito a atenção gostei
    BLOG♥ Coisas da bueno

    ResponderExcluir
  6. eu adoro livros assim, esse me parece ser muito bom e fiquei bem curiosa! amo livros que fala sobre assuntos assim pois eu adoro ler e esse parece me cair muito bem! bjss

    ResponderExcluir
  7. Oie!
    Não me recordo de já ter lido algum livro sobre comportamento humano. Gostei muito do que apontou, fiquei muito curiosa para conferir, pois tenho certeza que vou aprender muito.
    Uma ótima dica!
    bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  8. Eu amo estudar o comportamento dos seres humanos é incrivel ver que algumas personalidades e jeitos batem certinho.

    ResponderExcluir
  9. Vc sabe que eu sou apaixonada por esse assunto e acabo assistindo muitas séries, reportagens e documentários sobre isso mas nunca parei para ler um livro que fale sobre isso. Acho que vou começar por esse pq gostei da pegada

    ResponderExcluir
  10. Acho a mente humana interessante demais!
    Marido fica doido por que eu sempre "saco" os paranauês nas séries com essa temática. Rsrsrs...
    Não costumo ler livros desse tipo só pelo fato de chegar nas livrarias e ir forros nos romances ou distopias. Rsrs... Mas fiquei com muita vontade de ler esse.

    Beijos!
    www.citacaonumclick.com.br

    ResponderExcluir
  11. Nossa fiquei curiosa para ler, bem o estilo de livro que eu gostop

    ResponderExcluir
  12. Eu nunca ouvi falar nesse livro, mas eu fiquei bem curiosa para ler

    ResponderExcluir
  13. achei o tema interessantíssimo. Me lembrou a série MindHunter messsmo. Vou colocar na lista das férias

    ResponderExcluir
  14. Eita ja quero ler...tenho uma amiga que tem depressao, mas descobri que o boderline se confunde ne com a depressao...vou procurar esse livro

    ResponderExcluir
  15. Bem bacana, amo livros assim. Estou lendo O Semeador de ideias e ele aborda tbm o comportamento das pessoas e tals. Vou por esse na minha lista

    ResponderExcluir
  16. Nossa ja quero esse livro, adoro esse assunto e muito bom saber pra se afastar né, ja quero

    ResponderExcluir
  17. Oi, tudo bem?

    Livro interessante, porém não faz nem um pouco o meu estilo. Tenho certeza que algumas pessoas ficarão bem interessadas na leituras, mas eu vou ter que passar a dica.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  18. Olá!

    Eu super me interessei por esse livro haha de verdade. Ficaria encantada de tê-lo. Definitivamente aceitarei a dica! Eu amei o post, de verdade ♥

    Um beijo

    ResponderExcluir
  19. Oi!
    O livro é bem interessante! Tentar entender a mente humana é fascinante, mas eu não sei se iria gostar de entender. rsrs... Vou passara dica para uma amiga que curte esse tipo de leitura. ^^
    Beijão!
    http://www.lagarota.com.br/
    http://www.asmeninasqueleemlivros.com/

    ResponderExcluir
  20. AMEI o livro e também gosto muito desse tipo de leitura. Ótima resenha, você escreve muito bem. Abraços...

    ResponderExcluir
  21. Olá!
    Olhando a capa eu jamais imaginaria que traria assuntos tão interessantes para reflexão e debates. E mesmo sendo um tipo de livro que não tenho muito costume de ler, me agradaria realizar em algum momento.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  22. Queria muito poder ler esse livro. Adorei a capa e o projeto gráfico do miolo, parece ser uma leitura com bastante conteúdo. Gostei muito do post, bem completo. Boa sorte com o blog!

    ResponderExcluir
  23. Ai Milca, eu tbm sou a louca dos psicopatas. Adoro ler sobre o assunto e sempre que posso caço artigos a respeito. Não conhecia esse livro O.O e só de ver essa capa e sinopse já dá vontade de comprar e ler. Amei a dica <3

    ResponderExcluir
  24. Caramba, já quero esse livro! Tenho uma tia que tem depressão e borderlaine. É bom a gente entender melhor isso, né? Adorei sua resenha. Nunca li o livro, mas creio que você resumiu bem.

    Um beijo, Pri 😘

    Por Amor aos Livros

    ResponderExcluir
  25. Parece realmente ser um livro muito bom@

    ResponderExcluir
  26. Oii Milca tudo bem?
    Que demais essa obra menina, definitivamente eu não o conhecia e fiquei fascinada, adoro tudo que envolvam psicopatas e é sempre bom sabermos a opinião de outros leitores, dica anotada!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  27. Olá.
    Não conhecia o livro, mas fiquei bem interessada. Achei a capa linda e toda a premissa muito interessante, acho que assim como você eu também iria ficar pensando em todas as pessoas que passaram por minha vida hahahahah
    achei mega interessante o fato de cada capitulo a autora falar de um transtorno de personalidade. ótima resenha

    ResponderExcluir
  28. Oi, Milca! Que dica de leitura incrível! Também gosto bastante de livros que falam sobre psicopatas e serial killers, pois geralmente retratam fielmente como funciona a mente humana e porque eles agem de tal forma.
    Mesmo não sendo ficção fiquei interessada.
    Vou anotar a recomendação!
    😘

    ResponderExcluir
  29. Olá,

    Observar o comportamento humano é algo que adoro fazer, além disso amo serial killers, por isso anotarei a dica! Espero ler em breve.

    Beijos,
    oculoselivrosblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Se você gostou (ou não), deixe um comentário me dizendo o que achou, assim poderemos trocar figurinhas sobre coisas das quais gostamos e vou saber o quê e onde melhorar.
Spam, não, pls!